Buda é uma pessoa comum
  • CONHEÇA O BUDISMO

Buda é uma pessoa comum

Buda e mortal comum são a mesma pessoa

Pergunta: Qual o significado de mortal comum e de Buda?

Resposta: Segundo o Dicionário Houaiss, “mortal comum” significa único representante vivente do gênero Homo, da espécie Homo sapiens, caracterizado por ter inteligência dotada da faculdade de abstração e generalização, e capacidade para produzir linguagem articulada. Ser humano considerado sob o ponto de vista dos sentimentos, fraquezas, perplexidades etc. inerentes à sua natureza humana.


Estado de buda é outro nome para “iluminação”, é o supremo estado de vida no budismo, caracterizado pela sabedoria e benevolência ilimitadas. Nesse estado, a pessoa desperta para a verdade suprema e eterna que é a realidade de todas as coisas. De acordo com a crença Mahayana, um verdadeiro Buda pode dividir seu corpo em um número infinito de vezes e surgir em incontáveis mundos simultaneamente a fim de salvar as pessoas. Essas manifestações separadas de um verdadeiro Buda são chamadas emanações ou emanações budas.


Pergunta: Um buda é um ser superior ao mortal comum?


Resposta: Existem teorias ou entendimentos que consideram, equivocadamente, que Shakyamuni era uma pessoa comum “antes” e se tornou um “buda” depois, atingindo pela primeira vez a iluminação na Índia. Mas “na verdade, devido ao fato de ele ter buscado sinceramente o caminho como um ser humano, despertou para o mundo do estado de buda existente em sua própria vida. E como se tornou iluminado dessa forma, pôde seguir o supremo caminho como um ser humano. Shakyamuni era humano do princípio ao fim”.


Buda e mortal comum são a mesma pessoa, tornando-se um buda ou um mortal comum de acordo com o seu estado de vida. Ilusão e iluminação são aspectos de uma mesma entidade de vida, conforme explica o líder da SGI: “Quando uma pessoa é dominada pela ilusão, é chamada de mortal comum, mas quando iluminada, é chamada de Buda. Isso se assemelha a um espelho embaçado que brilhará como uma jóia quando for polido. A mente que se encontra encoberta pela ilusão da escuridão inata da vida é como um espelho embaçado. Mas, quando for polida, é certo que se tornará como um espelho límpido, refletindo a natureza essencial dos fenômenos e da realidade. Manifeste uma profunda fé polindo seu espelho dia e noite.“


Buda e mortal comum

O presidente da SGI, Daisaku Ikeda, esclarece:

“‘As pessoas iludidas’ significam pessoas que, falhando em compreender isso, supõem que o ‘Buda’ ou ‘Shakyamuni’ seja um ser remoto e abstrato e que as pessoas que praticam com o espírito da perseverança são budas.


O buda vai aos lugares onde as pessoas mais sofrem — o mundo saha. Um buda de verdade compartilha os sofrimentos das pessoas. Se não agir assim, não é um Buda verdadeiro.


Um mortal comum é um buda, e um buda é um mortal comum. Isso é exatamente o que está indicado pelo ichinen sanzen e pela frase ‘(tempo é ilimitado e infinito) desde que atingi de fato o estado de buda’”.


Perante a visão de ichinen sanzen exposta no Sutra do Lótus, todas as pessoas são budas.

O “buda que é uma pessoa comum” refere-se especificamente a Nichiren Daishonin, mas num sentido geral, indica os seguidores de Daishonin unidos a ele em espírito, ou seja, as pessoas comuns“.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed.1.896, 23 jun. 2007, p. A8
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;