Causa e Efeito - A Simultaneidade de Causa e Efeito
  • CONHEÇA O BUDISMO

Causa e Efeito - A Simultaneidade de Causa e Efeito

Episódio #2 da série “Conheça o Budismo” no Brasil Seikyo TV

Semana passada falamos sobre o primeiro episódio da série “Conheça o Budismo”, que explica a origem do budismo. Se você ainda não viu, clique aqui e assista ao episódio.

No segundo apresentamos a visão budista sobre causa e efeito: A Simultaneidade de Causa e Efeito, também conhecida como Lei da Causalidade. Porque mais importante do que se preocupar com que aconteceu no passado é saber como podemos traçar no momento presente um novo rumo para o nosso futuro.


Acreditar que nossas causas do passado definem o que estamos vivendo no momento presente não fará surgir esperança. 

Nichiren Daishonin provou que qualquer pessoa consegue ser feliz no seu cotidiano, por mais simples que seja. Isso aconteceu quando ele revelou que o Nam-myoho-renge-kyo recitado com fé no Gohonzon desejando ardentemente a felicidade de si e de todos à sua volta é, em si, a “verdadeira causa” que muda o destino.

“Verdadeira causa” é um dos princípios mais importantes e fascinantes do budismo porque ensina que devemos viver do presente para o futuro. É a força que contém ao mesmo tempo a causa e o efeito e, quando se tem fé nessa Lei, você faz o momento presente ser causa da transformação. Se está sofrendo, converte esse sofrimento em causa da felicidade.

Esse princípio muda a forma de encarar o momento presente. Os fatos deixam de ser experimentados como “castigo” e são vistos como “causa” da mudança. O budismo ensina a viver com total esperança acreditando que o sofrimento atual é o impulso para a vitória.

O presidente Ikeda afirma: “O budismo é ‘do presente para o futuro’. Não é necessário olhar para trás [para o passado]. Basta avançar sempre. Porque vocês são ‘tesouros de infinito potencial’”.

Semana que vem falaremos sobre o episódio #3. Ficou curioso para saber qual o tema dos próximos episódios? Então corre lá para o nosso canal. 

Fonte:

Brasil Seikyo, ed. 1579, 11 nov. 2000, p. 3
Brasil Seikyo, ed. 2307, 23 jan. 2016, p. C2
Brasil Seikyo, ed. 2275, 16 mai. 2015, p. A2
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;