Como devemos orar ao Gohonzon?
  • CONHEÇA O BUDISMO

Como devemos orar ao Gohonzon?

Pergunta: Como orar ao Gohonzon? Devemos orar apenas por um objetivo de cada vez — esperando que essa oração seja respondida antes de passar para o próximo — ou é correto orar por vários objetivos ao mesmo tempo?

Resposta:  “Vocês podem orar para conseguir quantos objetivos quiserem. Uma pessoa que possui muitos sonhos e desejos deve orar sinceramente para concretizar cada um deles. O budismo é razão.

Vamos fazer uma analogia com as compras. Quando vocês têm muito dinheiro na carteira, podem comprar muitas coisas. Para comprar algo que custe R$300,00, vocês precisam ter R$300,00. Se tiverem apenas R$10,00, poderão comprar apenas R$10,00 de mercadorias. Se quiserem comprar algo, precisarão ter dinheiro suficiente para isso.

Essa mesma lógica se aplica à fé. Somente vocês podem saber o que desejam; isso depende da sua fé e não da dos outros”.


Pergunta: Não consigo me concentrar ou focalizar o Gohonzon quando realizo minhas orações, começo a me distrair e divagar. O que posso fazer com relação a isso?

Resposta: “Como somos seres humanos, é muito natural que nossa mente comece a devanear, fazendo com que venham à tona todo tipo de pensamentos e recordações. Vocês deveriam simplesmente compartilhar todos esses pensamentos com o Gohonzon. Não existe uma forma estabelecida ou um padrão para fazermos a oração. O budismo enfatiza a naturalidade. Portanto, simplesmente orem de forma sincera sem nenhum fingimento nem artifícios, sendo exatamente como vocês são. Com o tempo, à medida que sua fé for se desenvolvendo, verão que ficará cada vez mais fácil se concentrar ao orar”.


Pergunta: É correto orar principalmente para nós mesmos?

Resposta: “Sim, é correto. É natural que as pessoas que oram se centralizem em seus desejos e sonhos. Não há nenhuma necessidade de fingir orar por algo realmente supremo quando não estiverem fazendo isso. Dessa forma, estarão enganando a si próprios. Ao orar de maneira bem natural, sem artificialidade nem restrições, por aquilo que mais querem, desenvolverão gradativamente uma condição de vida mais ampla e elevada. É claro que também está perfeitamente correto orar com a determinação de se tornar uma pessoa mais corajosa ou pelo bem-estar de seus amigos e pelo kosen-rufu — a felicidade e prosperidade de toda a humanidade. Vocês têm a liberdade de orar pelo que quiserem. Tudo depende de vocês.

Fazer o gongyo e o daimoku não é uma obrigação, mas um maravilhoso direito”.


Pergunta: Podemos orar para qualquer coisa que desejarmos?

Resposta: “Vocês podem orar para qualquer coisa que acreditam que contribuirá para sua felicidade e para a dos outros. Por exemplo, podem orar para se desenvolverem ou para tornarem-se um certo tipo de pessoa. Basicamente, podem orar por qualquer coisa que desejarem. No entanto, recomendo-lhes que jamais orem por coisas negativas. Se orarem por algo que prejudicará seu progresso, ou o de outras pessoas, somente causarão um efeito negativo em sua vida. Essa atitude vai contra o ritmo fundamental da vida. A chave para que nossas orações sejam respondidas é estar em ritmo com o universo”.



Nota:

As respostas são do presidente da SGI, Daisaku Ikeda.


Fonte: Brasil Seikyo, ed. 1.850, 8 jul. 2006, p. A7

TAGS:CONHEÇA O BUDISMO,GOHONZON

• comentários •

;