Fluxo vital e convicção
  • CONHEÇA O BUDISMO

Fluxo vital e convicção

Trechos extraídos e adaptados do livro Vida, um Enigma, uma Joia Preciosa, p. 95-98.

O “milagre de Louis Pasteur”: Todos sabem das grandes realizações de Pasteur e de suas contribuições em prol da humanidade. Contudo, poucas pessoas têm conhecimento de que o período mais importante de seu trabalho foi depois de ter ficado parcialmente paralisado em consequência de um derrame que sofrera aos 46 anos.

Na época, considerando inválida a condição de Pasteur, o governo francês decidiu interromper a construção de um centro de pesquisas que havia sido projetado para o uso dele. Essa notícia piorou sua condição de saúde, mas um amigo persuadiu as autoridades a concluir a obra. Com isso, Pasteur começou a recobrar a saúde e deu continuidade ao seu brilhante trabalho por mais vinte e sete anos, conquistando resultados que, se tivesse se deixado derrotar pela doença, talvez só teria obtido décadas depois. A capacidade de Pasteur de ver além do presente e visualizar o futuro tornou possível o que parecia uma impossibilidade médica.

(...)

O Dr. Viktor E. Frankl, professor de neurologia na Universidade de Viena, estava entre os milhares de judeus que os nazistas colocaram nos campos de concentração de Auschwitz. Ele escreveu:

Todas as pessoas que foram incapazes de acreditar em seu próprio futuro estavam destinadas a perecer naquele campo. Sem uma visão do amanhã, elas não tinham a que se agarrar, então, desmoronaram por dentro e, pouco a pouco, abandonaram seu corpo e seu espírito.

 

Com certeza, a convicção que o Dr. Frankl tinha no futuro foi o que o manteve vivo, pois a esperança, os sonhos, a fé e o senso de missão são as forças que nos capacitam a abrir as portas para o dia que está por vir, a nossa sustentação interna e as manifestações de nosso poderoso fluxo vital.

(...)

Infelizmente, na vida diária, as pessoas não parecem manifestar, de modo frequente e apropriado, o fluxo vital com o qual são dotadas. Elas tendem a se enfraquecer e seu próprio comportamento detém esse fluxo. Apesar de todos nós possuirmos o potencial de vivenciar e desfrutar um fluxo vigoroso e veloz de tempo subjetivo, com frequência, negamos esse privilégio a nós mesmos.

Em nossa vida diária, o mais importante é manifestarmos a energia vital da Lei Mística para que possamos fortalecer nossa vida e desfrutar cada momento presente. Se utilizarmos o infinito tesouro contido em cada instante vital, nossa existência experimentará uma riqueza incomparável.

 

TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;