O que é o “místico”?
  • CONHEÇA O BUDISMO

O que é o “místico”?

Entortar colheres usando poderes psicocinéticos. Usar poderes místicos para voar sobre nuvens ou coisas absurdas desse tipo. Estranhas magias com fogos ou práticas de prever o futuro a partir de sons emitidos por animais. Esses poderes “místicos” ou quaisquer outros que você possa imaginar não são abordados no budismo porque não conduzem à felicidade.


A Lei na qual o budismo se baseia é chamada mística porque seu poder está além da compreensão, “além de qualquer descrição e desafia a imaginação”.

O que acontece com quem ativa esse poder?

O maior dos poderes não é entortar colheres nem fazer adivinhações. O segredo dos segredos é a força mística capaz de fazer uma pessoa ser feliz agora e do jeito que ela é! Fazer isso é místico, impressionante, impossível! Buda é quem ativa essa força em si mesmo e revela os meios para que todos também possam fazê-lo.


A coisa mais difícil e misteriosa de todas é uma pessoa comum manifestar imediatamente um estado de vida elevado e sólido. Isso foge da compreensão comum. Mas é possível, sim. A lei que imediatamente transforma sofrimento em felicidade é nominada Nam-myoho-renge-kyo. Ao recitá-la, você manifesta o mesmo estado de vida do Buda e faz brotar “um senso de plena realização e a mais profunda tranquilidade no coração”.


O buda Nichiren Daishonin afirma que “exceto manifestar o estado de buda, não há nenhum segredo nem poderes místicos” . O presidente Ikeda completa: “Nada é mais cheio de mistério do que a vida humana. As pessoas comuns, exatamente como elas são, tornam-se budas. Não há segredo maior ou poder que seja mais místico”.


O maior dos segredos, na verdade, não é mais segredo para ninguém. Por meio da fé no Gohonzon todos podem, todos conseguem. A prática do budismo centrada no Gohonzon não é uma crença no acaso nem uma oração passiva e misteriosa: é um brado corajoso que ativa o poder místico de ser feliz imediatamente!


Não há necessidade de buscar forças externas, ocultas ou qualquer outra. Você já tem a Lei Mística: “Há um poder extraordinário, uma atividade poderosa na mente de uma pessoa que acredita no Gohonzon”, cita o presidente Ikeda.


Shakyamuni afirma: “Meu ensinamento adverte que uma pessoa não deve se deixar levar por estranhas magias com fogos ou por práticas para prever o futuro a partir dos sons emitidos por animais”.

Em resumo “O ‘segredo do Buda e seus poderes místicos’ não significam, em absoluto, capacidades sobrenaturais ou transcendentais no sentido em que esses termos são geralmente usados. [...] Significam a capacidade de possibilitar às pessoas um estado de vida de suprema felicidade”, finaliza o presidente Ikeda.



Fonte: BS, ed. 2.227, 17 maio 2014, p. A9

TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;