O que são as cinco impurezas da vida?
  • CONHEÇA O BUDISMO

O que são as cinco impurezas da vida?

Combater as impurezas da vida significa conduzir uma existência significativa

Ao despertar para a verdade suprema e eterna que é a realidade de todas as coisas, ou seja, atingir a iluminação, o buda Shakyamuni percebeu que a origem do sofrimento humano reside na visão distorcida e ilusória que o ser humano tem sobre a vida. Enraizados nas profundezas da vida de cada indivíduo, elas acabam causando sofrimento e destruição à sociedade.


No capítulo “Meios” do Sutra do Lótus, Shakyamuni descreve os efeitos destrutivos desses impulsos como as “cinco impurezas da vida”, que são classificadas desde a mais íntima e pessoal, até a que corrompe toda uma época. Elas são: Impurezas da época, do desejo, dos seres vivos, da visão e da própria vida.


A Era de Mappo ou Os Últimos Dias da Lei é manchada por essas cinco impurezas, conforme observa o presidente da SGI, Daisaku Ikeda: “A vida, a época, as pessoas, suas ideias e pensamentos — tudo é terrivelmente impuro. É, também, uma era de conflitos e disputas. As rivalidades são intermináveis, e as pessoas prontamente sacrificam as outras em prol de seus desejos egoísticos. Esse é o tipo de era na qual estamos vivendo”.


O estudioso do budismo Tiantai, que viveu durante o século 6 na China, afirmou que das cinco impurezas, a da visão e do desejo são as mais fundamentais porque geram impacto no indivíduo e, consequentemente, afetam a família, a comunidade e a nação. Elas levam às impurezas dos seres vivos e da vida, fomentando ódio e violência e geram, por sua vez, as impurezas da época.


O humanismo é o propósito Soka

A impureza da visão refere-se a um apego excessivo e irracional a ideias específicas ou ideológicas. São as concepções distorcidas sobre a vida, como por exemplo, a ignorância sobre a relação interdependente entre os seres humanos e seu ambiente. A visão equivocada de que as ações de uma pessoa não afetam a vida dos outros, ou ainda, a ideia de superioridade em relação aos demais, também são exemplos desse tipo de impureza.


A impureza dos desejos ocorre quando os desejos naturais como ter moradia e alimentação são corrompidos pelos três venenos da avareza, ira e estupidez. Com isso, a pessoa torna-se egoísta, chegando ao ponto de roubar e até privar os outros de alimentos. A guerra ou uma grave crise socioeconômica leva as pessoas a um maior desespero e elas acabam sendo corrompidas por esses três venenos.


A impureza dos seres vivos refere-se às doenças físicas e mentais. Ela atua de forma direta (doenças psicossomáticas, neuroses, desnutrição) ou indireta (doenças relacionadas à pobreza e desigualdade social) na vida das pessoas.


A impureza da vida pode ser interpretada como uma existência sem alegria ou vazia de significado.

E a impureza da época está relacionada aos atos destrutivos que afetam a sociedade, a economia e o meio natural. A guerra e a depressão econômica são exemplos desse tipo de impureza que desestabilizam a sociedade e levam o povo ao sofrimento.


Na sociedade atual onde as cinco impurezas se tornam mais presentes, os praticantes do Budismo de Nichiren Daishonin têm a missão de corrigir as impurezas da vida e tornar a segurança humana uma realidade na sociedade por meio de sua transformação pessoal. Empenhar esforços pela paz mundial e possibilitar a felicidade a toda a humanidade é o propósito do movimento da Soka Gakkai.


O presidente Ikeda observa: “Precisamos acabar com a guerra — a doença cármica da humanidade — e concretizar o ideal de Estabelecer o Ensinamento Correto para a Pacificação da Terra em escala global. Isso só pode ser realizado se cada pessoa efetuar uma mudança no âmago de sua vida. ‘A grande revolução humana de uma única pessoa pode mudar o destino de toda a humanidade’”.


Fonte:
Brasil Seikyo, ed.1858, 2 set. 2006, p. A4
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;