“Que vida maravilhosa!”
  • CONHEÇA O BUDISMO

“Que vida maravilhosa!”

Consegue-se viver assim quando se “põe as mãos na realidade” com senso de missão

Vamos ao dicionário budista:

“Fusão da realidade e da sabedoria” ou kyochi myogo explica que ao fundir a realidade objetiva com a sabedoria subjetiva percebe-se a verdade máxima da vida: a natureza de buda está sempre presente em nossa vida. Iluminação (estado de buda) é definida como a condição em que se percebe por completo a realidade última. Fusão de realidade e sabedoria significa iluminação. (www.nichirenlibrary.org).


“Conheça-te a ti mesmo"

Com a sabedoria budista, você descobre que é uma pessoa valorosa que agrega todos as joias do universo. Ao enxergar-se e a todos como budas do mais alto respeito, você está fazendo a “fusão da realidade e da sabedoria”.


Shakyamuni, fundador do budismo, manifestou máxima sabedoria e percebeu a vida de cada pessoa como uma enorme Torre de Tesouro (exposta no Sutra do Lótus). Não há pessoa que não esteja dotada da mais alta dignidade, revelou ele.


O presidente Ikeda afirma: “A ‘torre adornada com os sete tipos de pedras preciosas’ é a grande e nobre forma original de nossa vida. A ‘torre de tesouro’ exposta no Sutra do Lótus é realmente uma resposta acurada ao ditado filosófico de Sócrates ‘conheça-te a ti mesmo’”.


Em momentos de dificuldade, a negatividade força você a analisar o problema como um muro alto e a perceber a si como merecedor de tal situação. Mas na realidade, você é dotado da incrível capacidade de experimentar tais situações com energia, alegria, entusiasmo e, melhor ainda, reverter tudo e criar uma nova história. Essa “nova realidade” é a vida do ponto de vista do budismo, que lhe fornece meios para manifestar força máxima em momentos críticos.


Nichiren Daishonin cita sobre este princípio:

“Realidade significa a entidade de todos os fenômenos no universo e sabedoria significa a perfeita manifestação dessa entidade na vida de uma pessoa”.


Josei Toda, segundo presidente da Soka Gakkai, afirma:

“Se ser um comerciante é sua realidade, então trabalhar arduamente para fazer seu negócio prosperar é a manifestação da ‘fusão da realidade e da sabedoria’”.


E, o presidente da SGI, Dr. Daisaku Ikeda, diz:

“Qualquer que seja sua ocupação — seja um peixeiro, seja um empregado de uma companhia — cada qual tem uma missão a realizar e um caminho de vida. Essa missão, ou caminho de vida, é a realidade da pessoa. É a luz da sabedoria que faz essa realidade brilhar. Fazer a perfeita ‘fusão da realidade e da sabedoria’ em nossa vida significa sermos indispensáveis onde quer que estejamos”.


Fé e Sabedoria

Compreender que se é um buda exige sabedoria enorme, além da imaginação. Nichiren Daishonin revelou um caminho alternativo e altamente eficaz: a fé no Gohonzon substitui a sabedoria e produz o mesmo efeito.


O presidente Ikeda ensina: “Experimentamos a ‘fusão da realidade e da sabedoria’ quando trabalhamos para cumprir nossa missão com a ardente convicção de que ‘Eu sou um bodisatva da terra! Eu sou um buda!’”.


A “fusão da realidade e da sabedoria” acontece, portanto, quando se recita com firme fé e otimismo o Nam-myoho-renge-kyo jurando ser feliz e fazer todos felizes.


Na realidade...

Reforçando: você é um buda. Compreender isso no cotidiano é um trabalho árduo e demorado. Levaria anos de estudo tentando compreender cada aspecto da sua vida. A genialidade de Nichiren Daishonin está no fato de ter revelado algo que substitui a sabedoria e produz o mesmo efeito: a fé.


O presidente Ikeda explica: “A sabedoria, um dos componentes da ‘fusão da realidade e da sabedoria’, significa fé. A verdade objetiva é que possuímos o estado de buda. A fé faz essa realidade brilhar verdadeiramente”.


Terra de oportunidades

Fundir realidade e sabedoria é basear sua mente e suas ações no Gohonzon — o objeto de devoção que tem como ponto central o Nam-myoho-renge-kyo.


Tudo o que há de mais sagrado e poderoso no universo está contido em você — é fundamental estar a todo momento convencido disso.


A fé no Gohonzon faz manifestar incalculável energia vital no local que está, na situação que está passando hoje. Confie plenamente que “sua própria vida é Nam-myoho-renge-kyo! O Nam-myoho-renge-kyo é tudo!”. Ao fazer isso, você brilha, seu ambiente se ilumina e tudo adquire novo significado; sua situação torna-se uma “terra de oportunidades”.


Excelente, excelente!

Quanto mais se dedica às atividades na SGI, mais a pessoa brilha e torna-se confiável e indispensável em tudo o que faz.


A energia da “fusão da realidade e da sabedoria” é utilizada na saúde, no trabalho, na família, nos relacionamentos etc. E um dos reflexos dessa vitalidade é uma vida longa, saudável e valorosa.


O presidente Ikeda calorosamente incentiva: “Espero que todos os membros da SGI tenham vida longa. Quanto mais vivermos, maior a vitória do kosen-rufu. Também espero que os membros idosos, como ‘budas Muitos Tesouros do kosen-rufu’, sempre estejam prontos a louvar calorosamente os associados da SGI com um sentimento de ‘excelente, excelente!’”.


Dê o seu melhor

Fundir realidade e sabedoria é reconhecer a dignidade da vida em si e nos outros. É, também, trabalhar de todo o coração para resolver cada assunto dando o seu melhor e fazendo seu caráter brilhar com bom senso, otimismo e alegria.


Consegue-se viver assim quando se “põe as mãos na realidade” com senso de missão e em unicidade com o mestre da nossa fé, o presidente Ikeda.


Ele finaliza: "Por favor, vivam plenamente. Agir dessa forma é um grande desafio. Vivam por muitos anos. Haja o que houver, vivam vigorosamente até o fim, de forma que ao fazerem uma retrospectiva digam: ‘Que vida maravilhosa eu tive!’"


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.295, 17 out. 2015, p. C2/C3
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;