Vitória ou derrota? Nossa única escolha é vencer!
  • CONHEÇA O BUDISMO

Vitória ou derrota? Nossa única escolha é vencer!

Quem vence no nível da fé eleva o estado de vida

Ao pé da letra:


O conceito “vitória ou derrota” significa vencer no nível mais profundo da mente, eliminando a escuridão fundamental por meio da recitação e propagação do Nam-myoho-renge-kyo. O presidente Ikeda orienta: “‘Vitória ou derrota’ é um tema abordado de diversas formas em muitos dos escritos de Nichiren Daishonin. Podemos encontrá-lo sintetizado especialmente na carta O Herói do Mundo, em que o buda declara: ‘O budismo preocupa-se principalmente com a vitória ou a derrota’. Budismo é ‘vitória ou derrota’. Conquistamos a verdadeira vitória na vida quando enfrentamos e vencemos nossos aspectos internos, quando vencemos nossa batalha interior.”

Vencer sempre não quer dizer ter uma vida sem problemas


O budismo propõe uma mudança de prioridade e afirma que a vitória que realmente interessa deve acontecer na mente: é a vitória da fé. Quem vence no nível da fé eleva o estado de vida, se livra do medo e age com coragem em situações positivas e também nas negativas.

O conceito “vitória ou derrota” é um modelo revolucionário porque empodera cada pessoa a triunfar em tudo. É uma vitória espiritual na qual se diz continuamente a si mesmo: “Ou vai ou racha! É agora!”. A pessoa vence sempre quando nunca desiste de si mesma, nunca desiste de tentar, de ousar e de se levantar quando cair. É uma vida ativa, impulsionada pela recitação enérgica e entusiasmada do Nam-myoho-renge-kyo.

A energia mais duradoura


Vida é luta. Ganhar sempre é lutar sem cessar no nível da fé, expulsando a negatividade fundamental que ilude e obscurece seu brilho. A força maior que provoca essa vitória são o daimoku e o shakubuku realizados conforme o presidente Ikeda ensina.

Ganhando ou perdendo em relação aos fatos cotidianos, o que importa é fazer de cada assunto motivo de mais alegria e força para lutar. O modo de vida ensinado na SGI faz a pessoa desfrutar em todos os momentos de uma energia supremamente positiva que vem de dentro.

O líder da SGI afirma: “Budismo é ‘vitória ou derrota’; portanto, a vida é uma luta. Esse é o motivo pelo qual devemos desenvolver uma fortaleza interior para avançar continuamente. Uma vida que é forjada e fortalecida dessa forma desfruta uma eterna alegria”.

Decida hoje também fazer do seu mundo mental uma fortaleza rica em otimismo, amizade, coragem, compaixão; uma fortaleza inabalável ante qualquer ataque da negatividade. Ao cerrar os punhos e determinar que assim viverá todos os dias, estará aplicando a “vitória ou derrota” budista.

Um novo padrão mental


É fundamental definir qual parâmetro você adota quando o assunto é a vitória.

O padrão que costumamos seguir é o da “recompensa e punição”, segundo o qual nossa felicidade está nas mãos dos ganhos e perdas convencionais: se temos emprego, tudo está bem; se não conseguimos aquela promoção, tudo desmorona; se somos reprovados por alguém, nos deprimimos etc.

O budismo propõe um novo modelo: “vitória ou derrota”, ou seja, a batalha que vale a pena lutar deve acontecer no nível fundamental da mente: vencer a escuridão mais ampla e profunda da vida e, com isso, manifestar a felicidade absoluta — aquela que influencia o ambiente e não mais é influenciada por ele. Não é uma postura na qual você pensa: “Vou enfrentar essa situação e se não vencer tudo bem, não vejo problema em ser derrotado”. Quem parte para a batalha com essa crença já é espiritualmente derrotado.

Acima das pequenas vitórias e derrotas está a “Vitória” budista, com “v” maiúsculo. Essa Vitória exclui a derrota porque o ponto de partida é a eliminação total da escuridão fundamental: a luta começa com o triunfo já garantido.

Tudo depende do foco da nossa mente


“Vitória ou derrota” é, em suma, o padrão budista para se vencer continuamente. É a vitória no nível mais profundo e abrangente da vida e acontece no coração.

Primeiro, vença a raiz da negatividade por meio da recitação do Nam-myoho-renge-kyo desejando com máxima coragem ser feliz e fazer todos felizes.

Em seguida, munido dessa poderosa energia vital resolva cada tarefa com farto senso de responsabilidade. Isso o deixa firme diante das mudanças das circunstâncias.

Se ganhar algo, recite Nam-myoho-renge-kyo com gratidão. Se perder algo, recite com firmeza de propósito e senso de desafio. A vitória budista não se baseia na perda nem no ganho superficial; o que interessa é vencer a escuridão fundamental. Nesse caso, a vitória estará sempre lá, no coração.

Transforme sua vida interior num reino de alegria e entusiasmo. E, sem tirar os olhos da realidade, aja com rapidez, compaixão e coragem para revolucionar cada aspecto da vida pessoal e coletiva.

Fontes:

The Writings of Nichiren Daishonin [WND], p. 835
Brasil Seikyo, ed. 1.527, 9 out. 1999, p. 4
Brasil Seikyo, ed. 2.323, 14 mai. 2016, p. C2/C3
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;