A fé contém tudo!
  • ARTIGOS

A fé contém tudo!

Daishonin escrevia com o máximo de sua força para incentivar as pessoas

Fé e prática inabaláveis

Sobre a postura ideal para ler e estudar os escritos de Nichiren Daishonin, o Sr. Toda afirma que devemos compreender que a fé, e somente a fé, permeia o âmago dos ensinamentos do Buda. E acrescentou: “Deve entender o que está na base das palavras de Nichiren Daishonin: ardente paixão e convicção inabalável de salvar a humanidade”.


O estudo deve ser conduzido com base na forte e absoluta fé e em exato acordo com a convicção do Buda de salvar a humanidade. Com esse sentimento, também devemos nos dedicar intensamente em prol do kosen-rufu.


O Sr. Toda afirma que, quando lemos os escritos do Buda com fé e prática inabaláveis, a paixão pela prática da fé surge infalivelmente. Essa é a luz que transforma nosso desespero em esperança e o destino negativo em missão.


Nichiren Daishonin escrevia com o máximo de sua força para incentivar cada um dos seus discípulos que sofriam com diversos tipos de problema. Por isso, devem ler e estudar seus escritos como se fossem dirigidos a si próprios.


Um membro da Divisão Sênior de Cingapura envolveu-se num acidente automobilístico e ficou tetraplégico. Mais tarde, foi acometido por tuberculose, sofreu queimadura em suas pernas e outros problemas. Foram acontecimentos sequenciais da manifestação do seu carma. Contudo, uma frase dos escritos de Nichiren Daishonin o reergueu:


“Algo inusitado também ocorre quando uma pessoa comum atinge o estado de buda. Nesse momento, os “três obstáculos e as quatro maldades” aparecem infalivelmente; e quando isso ocorre, o sábio se alegra, ao passo que o tolo recua”.


Esse sábio membro da Soka Gakkai compreendeu que os obstáculos estavam surgindo para testar sua fé.

Assim compreendendo, decidiu comprovar com a sua atitude a grandiosidade do budismo. Agora, está mais do que nunca caminhando pela estrada para conquistar sua felicidade e das outras pessoas.


Quem lê os escritos com a própria vida é inabalável. No seu peito se ergue um inquebrantável pilar mesmo diante da tempestade. É capaz de encontrar qualquer tipo de obstáculo e maldade e combatê-los. Essa percepção é a afiada espada da fé conquistada por meio da leitura e do sincero estudo dos escritos.


Fonte:
Brasil Seikyo, ed. 2.248, 18 out. 2014, p. B2
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;