Apreciem a individualidade
  • ARTIGOS

Apreciem a individualidade

Discurso do presidente Ikeda extraído da sessão de perguntas e respostas com representantes do Departamento Cultural da SGI-Estados Unidos, no Centro de Treinamento de Nagano, cidade de Karuizawa, província de Nagano, em 7 de agosto de 1992.

Ninguém tem confiança absoluta em si mesmo. Na verdade, é perfeitamente natural não ter muita confiança. Não raro, as pessoas que andam por aí se gabando de sua confiança são simplesmente arrogantes, sempre entrando em atrito com os outros e sendo amplamente detestadas pelos que estão em volta dela. Uma pessoa pode ser infeliz independentemente do fato de ter excesso ou falta de autoconfiança.

O importante é que vocês brilhem à sua maneira, vençam seus desafios diários e se desenvolvam da forma mais adequada e natural. Tudo o que precisam fazer é continuar progredindo enquanto avançam firmemente em direção a seus objetivos.

Afinal, você é você, não outra pessoa. Não há necessidade de se comparar aos demais; é a sua vida. A questão vital é: o que realmente pensa e sente nas profundezas de sua vida? O budismo expõe o princípio da “cerejeira, ameixeira, pessegueiro e damasqueiro”, segundo o qual cada um tem características únicas, um princípio correlacionado de “revelar sua natureza intrínseca”.


Cerejeira, ameixeira, pessegueiro e damasqueiro

Flores de cerejeira são flores de cerejeira; e as de pessegueiro são as de pessegueiro. Uma flor de cerejeira jamais se transformará em uma flor de pessegueiro. Nem há necessidade alguma de a cerejeira tentar isso, e seria lamentável se ela o fizesse.

Do mesmo modo, você não é ninguém a não ser você mesmo. Nunca será outra pessoa, por mais que deseje. O importante é que se torne o tipo de pessoa capaz de estimar, prezar e sentir satisfação em relação à sua própria vida, que é preciosa e insubstituível.

Para isso, é indispensável recitar Nam-myoho-renge-kyo, pois possibilita que revele seu estado de buda inato assim como você é. A oração não só lhe proporcionará maravilhosa e fundamental autoconfiança, como também adornará e dignificará sua vida com o brilho do seu potencial verdadeiro e mais elevado.

Tenha a mais absoluta confiança em si mesmo, com um coração belo e uma vida mais nobre possível.



Fonte: BS, ed. 2.293, 26 set. 2015, p. B1

TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;