Lapidar a própria vida
  • ARTIGOS

Lapidar a própria vida

Budismo é, em suma, o humanismo posto em prática

Entre no ritmo da “fé é vida diária”

Antes de tudo, a partida deve ser dada com a oração. Em seguida, devem agir em conformidade com o que mentalizaram em sua oração. Agir assim é “fé é vida diária”.

O buda Nichiren Daishonin afirmou: “Quando uma pessoa realiza o único exercício da fé no Myoho-renge-kyo, não há um único benefício que deixe de se manifestar, e não há raízes do bem que deixem de operar em benefício dessa pessoa”.

Não é possível dimensionar quão grandiosos são os benefícios que acumularão e quão extensas são as raízes do bem que expandirão em cada dia vivido em perfeita sintonia com a extraordinária Lei Mística que permeia todo o imensurável universo.

Recitar gongyo e daimoku de manhã e à noite é o mais supremo ritmo para se obter saúde e conquistar a vitória. Justamente por estarmos em meio ao intenso calor do verão (no Japão), vamos orar daimoku de forma vibrante e revigorante como o galopar de um corcel branco pelos campos verdejantes e, repletos de energia vital, vamos promover, hoje também, ações para criar valores!


Aprofundem a amizade

Os laços de solidariedade do bem estabelecidos entre amigos são um tesouro insuperável.

No verão, são muitas as oportunidades que surgem tanto de reencontrar com saudosos amigos como de fazer novos amigos. Sendo jovens, vocês devem estender amplamente seus laços de amizade realizando intercâmbios de vida a vida expansivos e profícuos.

Não nos esqueçamos de que a essência da prática do Sutra do Lótus se encontra na conduta de prezar todas as pessoas do bodisatva Jamais Desprezar.

Mesmo que não seja possível se encontrar pessoalmente, entre em contato, por exemplo por telefone: “Está tudo bem com você?” — essa ligação de vida a vida alegra o coração de qualquer pessoa. E, ao dialogar levando em consideração a família do outro, o trabalho dele, como ele tem estado etc., isso sem falta fará o coração se aproximar ainda mais.

Budismo é, em suma, o humanismo posto em prática.



Desafie com coragem a questão que está diante de seus olhos

Onde está o palco da revolução humana? Ele está “aqui”, e é “agora”. No ato de desafiar com coragem a questão que está bem diante de seus olhos é que existe o desenvolvimento do jovem, sempre.

Meu venerado mestre, presidente Josei Toda, ensinou-me: “O ferro deve ser batido enquanto está quente! Da mesma forma, o ser humano deve lapidar a si mesmo enquanto é jovem”.

Vocês são possuidores de uma extraordinária missão. Solicito que lapidem e fortaleçam seu espírito, seu corpo e seu intelecto visando um futuro de esperança.

Aquele que acumular sinceros esforços mesmo que ninguém o observe e se dedicar incansavelmente em tudo com forte perseverança será sem falta um vencedor da juventude.

Peço que se desenvolvam em dobro por meio de ações firmes, resolutas e cheias de dinamismo.


Fonte 
Brasil Seikyo, ed. 2.286, 8 ago. 2015, p. A2
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;