O budismo é aberto para toda a humanidade
  • ARTIGOS

O budismo é aberto para toda a humanidade

Daishonin ensina sobre a verdadeira causa que foca no presente e no futuro, e possibilita a transformação interior de todo ser humano

Discurso proferido na 17ª Reunião Geral da SGI, realizada em Tóquio, Japão, em 22 de outubro de 1993, transmitido na 21ª Reunião Nacional de Líderes da Nova Era do Kosen-rufu Mundial, em Tóquio, Japão, em 5 de novembro de 2016. O texto foi publicado posteriormente dia 16 de novembro de 2016 no jornal Seikyo Shimbun.


Os laços compartilhados por membros dedicados a cumprir plenamente a missão pelo kosen-rufu são os mais nobres do mundo.


Em junho de 1275, Nichiren Daishonin encaminhou uma calorosa carta de incentivo à monja leiga de Ko, discípula que vivia na Ilha de Sado. Ela enviara seu marido da Ilha de Sado para uma longa jornada até o Monte Minobu para visitar Nichiren Daishonin, enquanto permanecia em casa cuidando de tudo durante a ausência dele.


Nichiren Daishonin, louvando o grandioso coração dela, escreveu em Carta para a Monja Leiga de Ko:

Mesmo não podendo vê-la, tenho certeza de que seu coração está aqui. Sempre que sentir saudades de mim, olhe na direção do Sol que se levanta [pela manhã] e para a Lua que se ergue à noite. A qualquer hora, estarei refletido no Sol e na Lua. E em nossa próxima existência, vamos nos reencontrar na terra pura do Pico da Águia.


Ele diz: “Mesmo não me encontrando pessoalmente, estarei sempre ao seu lado”; “Ao apreciar o Sol ou a Lua, imagine que Daishonin está te observando”; “Desta maneira, sempre estarei junto a você”. Esse é o coração de Nichiren Daishonin, é a essência do budismo.


A profunda compaixão de Daishonin

Em outra carta repleta de profunda compaixão, Daishonin escreve para a monja leiga de Ueno, mãe de Shijo Kingo: “O benefício de todos os demais sutras é incerto, pois ensinam que a pessoa deve primeiro fazer boas causas e só então, tempos depois, poderá se tornar buda”.


Os ensinamentos pré-Sutra do Lótus ensinam que primeiro devemos fazer boas causas em nossa presente existência para colher bons resultados na próxima; ou que devemos sofrer nesta vida devido ao carma negativo do passado e acumular boas causas agora para atingir a iluminação na existência futura.


Em contraste, o Budismo de Nichiren Daishonin ensina a verdadeira causa, que foca no presente e no futuro. Daishonin afirma: “Porém, no caso do Sutra do Lótus, quando uma mão o segura, esta mão de imediato atinge o estado de buda, e quando uma boca o recita, esta boca é, em si, um buda”. “Sutra do Lótus” refere-se ao Sutra do Lótus de Nichiren Daishonin, intitulado Nam-myoho-renge-kyo das “três grandes leis secretas”.


Mente sábia e mais iluminada

Quando vocês juntam as mãos para fazer daimoku diante do Gohonzon, estas atingem imediatamente a iluminação, assim como a boca que recita Nam-myoho-renge-kyo e fala para outras pessoas sobre a Lei Mística também atinge o estado de buda.


E mais ainda, quando estudam o budismo com sinceridade e espírito de procura, e movidos por essa alegria de aprender compartilham com outros, sua mente se torna sábia e mais iluminada com o poder do buda nela ativado.


Dessa maneira, nossa fé se manifesta direta e claramente no corpo, no trabalho, no dia a dia. O Budismo de Nichiren Daishonin ensina que com certeza atingiremos o estado de buda nesta existência.


“Se houver cem ou mil pessoas que mantenham este sutra, todas elas, sem exceção, irão se tornar budas”. Esse é o compromisso absoluto do Buda.


O Budismo Nichiren é uma religião mundial, aberta a pessoas de todos os lugares. Procura criar um mundo harmonioso e pacífico no qual as pessoas alcançam a iluminação, são felizes e prosperam juntas, e desempenha papel fundamental para a paz mundial.


Pela paz mundial e felicidade de toda a humanidade, nunca devemos permitir que a Soka Gakkai seja destruída. Vamos continuar a prosseguir com harmonia, alegria, força, saúde e disposição.


Espero que, como líderes do nosso movimento, façam tudo o que puderem para que cada um dos nossos preciosos membros, filhos do Buda, sejam felizes. Acima de tudo, proteger a Soka Gakkai e a SGI alegrarão Daishonin.


Fonte: Brasil Seikyo, ed. 2.377, 24 jun. 2017, p. B3
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;