Sofrimento e alegria fazem parte da vida
  • ARTIGOS

Sofrimento e alegria fazem parte da vida

Presidente Ikeda explica a importância de se estabelecer um estado de vida elevado que nos capacite a ultrapassar todos os obstáculos

Discurso do presidente Ikeda proferido na 48ª Reunião Nacional de Líderes da Soka Gakkai realizada em 21 de abril de 2005 no Auditório Memorial Makiguchi em Hachioji, Tóquio.


Gostaria de compartilhar uma passagem de um escrito que todos os senhores já conhecem. É uma carta de incentivo que Daishonin enviou a Shijo Kingo, que se encontrava numa circunstância de muita dificuldade. Kingo se tornou alvo de perseguição por tentar converter seu lorde aos ensinamentos de Daishonin, um ato que causou a hostilidade de seus companheiros samurais.


Nichiren Daishonin diz a ele:

“Sofra o que tiver de sofrer, desfrute o que existe para ser desfrutado. Considere tanto o sofrimento quanto a alegria como fatos da vida e continue recitando Nam-myoho-renge-kyo, independentemente do que aconteça. Que outro significado isso poderia ter senão a alegria ilimitada da Lei? Fortaleça o poder de sua fé mais do que nunca”.


Neste momento, a vida de vocês pode estar cheia de aflições; mas, assim como o prazer, o sofrimento jamais é eterno. Na vida, há momentos de sofrimento e de alegria. Às vezes, vencemos; em outras, perdemos. O sofrimento e a alegria são partes da vida — essa é a realidade. Por essa razão, nos momentos tristes ou nos felizes, devemos continuar a recitar Nam-myoho-renge-kyo, como Daishonin diz. Se assim o fizermos, atingiremos a condição de suprema felicidade por meio da sabedoria e do poder da Lei Mística, tendo uma vida em que nada é capaz de nos derrotar.


Nichiren Daishonin usa a frase “a alegria ilimitada da Lei”. Essa expressão significa que nós mesmos conquistamos e saboreamos a alegria ilimitada da Lei. Tudo depende de nós, não dos outros. Essa alegria não nos é concedida por alguém ou algo fora de nós. Criar nossa própria felicidade e experimentá-la; desenvolver a força interior e a capacidade de viver uma existência plena, independentemente dos altos e baixos — esse é o verdadeiro significado de “a alegria ilimitada da Lei”, e é o poder do Nam-myoho-renge-kyo que nos possibilita isso.


Não precisamos nos comparar com os outros. Devemos simplesmente viver de forma que sejamos verdadeiros com nós mesmos, sempre embasados na fé ao Gohonzon.


Avancem, por favor, com boa saúde e com objetivos claros, ao mesmo tempo em que cultivam relacionamentos positivos e harmoniosos com as pessoas ao redor. Ao adotarem esse tipo de conduta, naturalmente se tornarão pessoas admiradas por todos que manifestarão o desejo de conhecê-las melhor. A Lei Mística nos permite evidenciar o máximo de nosso potencial. E quando isso acontece, somos capazes de ir a qualquer lugar e encarar qualquer desafio com um profundo senso de confiança. Seremos verdadeiramente capazes de fazer o que precisarmos sem sermos influenciados pelas circunstâncias imediatas e vivemos uma existência de grande satisfação, sem nenhum arrependimento. Essa é a marca do verdadeiro vitorioso na vida.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.247, 11 out. 2014, p. B1
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;