Vivam com coragem e firmeza
  • ARTIGOS

Vivam com coragem e firmeza

Termáximo respeito e gratidão pelas pessoas é agir como um buda

Com base no discurso do líder da SGI, Daisaku Ikeda, proferido numa Conferência Nacional de Representantes de Divisão realizada no Centro Cultural Soka em Shinanomachi, Tóquio, no dia 19 de janeiro de 2010.


Os Sofrimentos do Jovem Werther, publicado por Johann Wolfgang von Goethe (1749–1832), quando ele estava com 25 anos, é o romance que lançou esse escritor alemão à fama da noite para o dia. Napoleão Bonaparte levou consigo esse romance às campanhas que empreendeu e consta que ele o leu sete vezes. A trágica história de Werther causou um forte impacto nos jovens europeus daquela época. Quando foi posteriormente publicada a edição revisada, Goethe acrescentou uma mensagem aos seus jovens leitores do sexo masculino, dizendo que tivessem uma forte consciência de sua personalidade.1


O Sr. Toda [segundo presidente da Soka Gakkai] também solicitava sempre aos integrantes das Divisões Sênior e Masculina de Jovens [da Soka Gakkai] que agissem com coragem e firmeza.


Quando jovem, ao mesmo tempo em que apoiava os negócios do Sr. Toda, os quais passavam por dificuldades financeiras, eu abri o caminho para a Soka Gakkai. Trabalhava tanto, desde o início da manhã até tarde da noite, que às vezes não conseguia me lembrar de quando havia acordado ou dormido. Sempre que surgia alguma questão, qualquer que fosse, o Sr. Toda dizia: “Pergunte a Daisaku”, ou “Discuta esse assunto com Daisaku”. Esse foi o profundo laço de confiança que compartilhamos como mestre e discípulo.


Em seus últimos anos, após ter vencido vários obstáculos, o Sr. Toda sorriu e disse-me: “Nós dois lutamos numa batalha da qual podemos nos orgulhar, não é mesmo?”


Tenho tantas recordações carinhosas do Sr. Toda. Todas elas fazem parte do glorioso drama de minha juventude.


O espírito dos líderes genuínos

Assumir as dificuldades, elogiar e promover o desenvolvimento e o crescimento dos novatos, é o espírito dos genuínos líderes do kosen-rufu.


Ajam com sinceridade. Conectem-se com as pessoas tomando a iniciativa de se encontrar e conversar com elas e de manter interações calorosas. Tenham sempre o máximo respeito e gratidão pelos membros [ da Soka Gakkai], especialmente os que estão se empenhando com toda seriedade na linha de frente e trabalhando incansavelmente nos bastidores.


Em Os Sofrimentos do Jovem Werther, Goethe escreveu: “Não [há nada mais lamentável] que ver as pessoas atormentando umas às outras”2 e “Vício é... o que é pernicioso para nós e para os que estão ao nosso redor”.3 Essas palavras são tão verdadeiras. Ainda mais quando se trata do mundo da fé no Budismo de Nichiren Daishonin, um mundo de respeito mútuo onde as pessoas compartilham do mesmo desejo pela felicidade de todos.


A lei budista de causa e efeito é muito rigorosa. As divindades celestiais abandonarão aqueles que intimidam ou que incomodam seus companheiros, mas protegem os que os incentivam e apoiam.


A alegria está na atividade

O protagonista de As Tristezas do Jovem Werther observa que “o mau humor lembra a preguiça”.4 Certamente, sempre se descobre que as pessoas mais grosseiras e que ficam o tempo todo reclamando são exatamente as que não realizam esforço algum. Ao contrário, aqueles que estão sempre se empenhando e avançando na vida são alegres e radiantes. Essas pessoas são entusiasmadas e cheias de vibrante energia.


Goethe escreveu: “Uma vez que temos coragem para nos esforçar, nosso trabalho se renova em nossas mãos e assim encontramos a verdadeira satisfação na atividade”.5


Não importando o que aconteça, vamos avançar com vigor, harmonia, sabedoria e ação rápida, estimando a união acima de tudo. A alegria está em meio à atividade. E as atividades da Soka Gakkai são uma fonte de insuperável realização e imensurável boa sorte e benefício.


Fonte: Brasil Seikyo, ed. 2037, 29 maio 2010, p. A3
TAGS:ARTIGOS

1. Cf. Martin Swales, Goethe: The Sorrows of Young Werther (Goethe: As Tristezas do Jovem Werther). Cambridge, UK, Cambridge University Press, 1987, p. 15.

2. Johann Wolfgang von Goethe, The Sorrows of Young Werther (As Tristezas do Jovem Werther). Victor Lange, trad. David E. Wellbery, ed. Goethe’s Collected Works (Obras Completas de Goethe). Princeton, Nova Jersey, Princeton University Press, 1995, vol. 11, p. 22.

3. Ibidem, p. 23.

4. Ibidem.

5. Ibidem.

• comentários •

;