Viver com alegria
  • ARTIGOS

Viver com alegria

A prática budista nos possibilita atingir um estado de vida expansivo

Com base no discurso proferido na Sexta sessão do Conselho Executivo Nacional, realizada em 5 de agosto de 2003, em Nagano, Japão.


Deixar de lado a vaidade e o autoritarismo para conduzir as pessoas ao verdadeiro caminho da felicidade, a importância do espírito jovial e participativo e de manter-se forte diante das adversidades com base na coragem advinda da forte oração são alguns dos destaques deste discurso. O mundo da Lei Mística abarca todo o cosmos. É um mundo que protege todas as pessoas, ensina uma filosofia de paz e felicidade e procura inspirar o senso de alegria. Nesse mundo, os líderes existem para levar a felicidade aos outros. Os líderes possuidores de uma fé sólida e firme não permitem que seus próprios sentimentos mesquinhos causem angústia nas pessoas. É importante deixarmos de lado toda a vaidade pessoal e o falso orgulho.


Devemos nos esforçar para atingir um estado de vida expansivo e destemido. A Soka Gakkai é uma “fortaleza de especialistas na fé altamente qualificados”; é uma “escola de genuínos praticantes da filosofia”.


Diante do Gohonzon, ninguém é melhor que ninguém. Todos somos igualmente nobres. Pessoas autoritárias frequentemente menosprezam as pessoas, chamando-as de um bando de ovelhas estúpidas. Porém, a Soka Gakkai as respeitam; somos uma orgulhosa assembleia de pessoas pensadoras e conscientes que se dedicam ao kosen-rufu. Todos nós temos uma missão. Vamos avançar com nosso coração unido como um só.


Quanto mais nos envolvemos nas atividades da Gakkai, mais ganhamos. Conseguimos acumular imensos benefícios, ajudar nossos amigos a libertarem-se do sofrimento e realizar nossa revolução humana. Ao mesmo tempo em que oramos com seriedade e dedicamos nosso tempo a incentivar outras pessoas, vamos escrever uma brilhante história pessoal de conquistas — de forma sábia, aprazível e vitoriosa.


Tolstoi citou certa vez o pensador norte-americano Ralph Waldo Emerson (1803–1882), por cujos escritos tenho grande admiração. Emerson nos pede para mantermos a cabeça erguida, dizendo que nossa vida não é um ornamento, mas nos foi concedida para que façamos uso dela. Ele salienta ainda a importância de dizermos a verdade e de considerarmos nossos deveres com seriedade como seres humanos, em vez de nos preocuparmos com o que as pessoas pensam de nós.


Não se preocupem com o que os outros pensam. Sejam vocês mesmos. Levantem a cabeça, sejam fortes e cumpram sua missão com orgulho.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 1.726, 6 dez. 2003, p. A3
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;