A olimpíada do mercado de trabalho
  • JUVENTUDE

A olimpíada do mercado de trabalho

O espírito olímpico tomou conta não só dos brasileiros, como também de pessoas do mundo todo! Essa experiência nos trouxe muitos aprendizados

O Brasil sediou um dos maiores eventos do esporte mundial! O espírito olímpico tomou conta não só dos brasileiros, como também de pessoas do mundo todo! Os jogos trouxeram muitos aprendizados.

Mas o que a olimpíada tem a ver com o mercado de trabalho? Será que tem pontos em comum? Vamos conferir...

Uma olimpíada representa a superação de desafios! Só o fato dos atletas conseguirem participar representando seus países significa que, cada um em sua modalidade, foi vitorioso. Isso em si já é uma grande conquista. Mas ao participarem dessa competição todos eles tinham o mesmo objetivo: ganhar a tão sonhada medalha de ouro!

O mercado de trabalho também tem sido muito disputado. De acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), no primeiro trimestre de 2016, o índice de desemprego atingiu cerca de 11%. Isso significa que a quantidade de vagas por trabalhadores está diminuindo. Dessa forma, como uma olimpíada, para conquistar uma vaga no mercado de trabalho, é preciso enfrentar uma disputa acirrada. O “atleta” deve ter conhecimentos técnicos, desenvolver habilidades e atitudes para estar apto nessa competição da vida diária.

Assim como em um jogo olímpico, o “jogo” em busca por uma boa colocação exige do candidato um exaustivo treinamento. Se uma pessoa pretende conseguir um emprego em uma determinada área, o que é preciso?

Deve se capacitar, se preparar, fazer vários cursos (presenciais e/ou à distância), participar de palestras, eventos e conversar com pessoas que tenham experiência na área pretendida. Ou seja, realizar um árduo e contínuo treinamento. Isso vale também para quem já trabalha e desempenha alguma função.

O presidente da SGI, Dr. Daisaku Ikeda incentivou os jovens: “Em primeiro lugar, vocês devem ser fortes. Não há qualquer esperança de vencerem neste mundo caótico se forem fracos. Independentemente do que os outros façam ou digam, o importante é desenvolverem sua capacidade e colocarem-na em prática. A forte fé, naturalmente, é o melhor meio de extraírem sua força interior. Cada um de vocês tem uma importante missão, e espero que despertem para essa missão e que se orgulhem dela”.

Como o nosso mestre cita, para desenvolver sua capacidade e ser forte é preciso se preparar! Os atletas que se destacaram demonstraram que estavam mais preparados que os outros. Se preparar significa superar nossos limites, buscar o desenvolvimento pessoal, e evidenciar ao máximo a força interior que temos fazendo nosso melhor a cada dia.

Olimpíadas e a busca por um lugar ao sol no mercado de trabalho também têm outros pontos em comum, tais como: competitividade, preparação, esforço, dedicação, treinamento, empenho e disciplina, não é verdade?

Alguns especialistas dizem que conseguir encontrar uma boa oportunidade de trabalho é algo raro. Como há muitos profissionais disponíveis, as empresas selecionam os melhores candidatos. Portanto, para ser o melhor é preciso se capacitar ao máximo, se preparar, empreender grandes esforços, se empenhar e manter contato com as pessoas para identificar novas oportunidades de atuação.

O Dr. Daisaku Ikeda também cita: “Gostaria que cada um de vocês encontrasse seu próprio caminho, que abrisse esse caminho, e que seguisse por ele corajosamente, e que se empenhasse para conquistar medalhas de ouro na vida”.

Quando se tem conhecimento do sabor da vitória, da alegria por mais uma conquista, é possível suportar todas as adversidades, pois no final tudo terá valido a pena. Portanto, chegar ao pódio na olimpíada do mercado de trabalho, é equivalente a grande conquista da medalha de ouro!

TAGS:EMPREENDEDORISMO,JUVENTUDE

• comentários •

;