Cada pessoa é única
  • JUVENTUDE

Cada pessoa é única

Descubra dentro de si as suas grandes qualidades

Alguns leitores [do jornal Mirai da Divisão dos Estudantes da SGI do Japão] escreveram que se sentem como se estivessem sempre ajustando a personalidade para se adaptar à de seus amigos, ou que não sabem como agir na escola e sentem-se diferente de todos.


Basta serem vocês mesmos. O budismo compara a personalidade individual de todas as pessoas às flores de cerejeira, ameixeira, damasqueiro e pessegueiro, e ensina que cada uma, apesar de diferente e única, é linda à sua maneira.


Ser receptivo com as pessoas a seu redor é, de certa forma, um sinal de alguém extraordinariamente sensível e atencioso com os outros. Vocês podem desenvolver e aprimorar esta consideração para que ela seja um ponto muito forte e positivo de seu caráter. Sentir-se diferente de todos os outros quer dizer que têm seu próprio caminho.


Há uma expressão popular hoje no Japão que significa “sem ter a menor ideia”; em outras palavras, é não dar importância para a situação ou o estado de espírito daqueles que o cercam. Mas, por outro lado, gastar tempo e energia prestando atenção ao que todo mundo está pensando é exaustivo.


A capacidade de comunicar, responder adequadamente à situação ou à atmosfera predominante é algo que podem gostar de aprender e, dessa forma, acumular experiência de vida. Tenham confiança em si próprios e se aceitem como tal, sem se preocupar muito com o que os outros pensam.


Atualmente, com os telefones celulares e a internet, estamos todos conectados a muitas pessoas mais que nunca. Como estudantes do ensino fundamental e do ensino médio, devem entrar em contato com grande quantidade de informação e com pensamentos e opiniões de uma enorme variedade de pessoas.


Porém, vocês não devem deixar que sua personalidade seja definida pelas pessoas. As respostas das suas perguntas estão dentro de vocês mesmos.


Espero que, por meio de uma busca e reflexão interior, descubram dentro de si as qualidades maravilhosas que são seus maiores bens na vida. Se desenvolverem seus pontos fortes, até mesmo os traços que consideram ser falhas ou os pontos fracos brilharão de forma positiva.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.139, 14 jul. 2012, p. B2
TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;