Comunicação para cidadania global
  • JUVENTUDE

Comunicação para cidadania global

A música e a arte são tipos não verbais de se comunicar

Presidente Ikeda dá dicas de como os jovens podem empreender esforços para se tornar cidadãos que contribuem para a felicidade de toda a humanidade. As respostas foram retiradas dos livros Juventude Sonhos e Esperança, v. 1, e Diálogo sobre a Juventude, v. 3.


Por que o senhor considera aprender uma nova língua algo importante?

Vocês possuem oportunidades de trilhar caminhos diferentes, então esforcem-se e vençam.

Claro que dominar um idioma é importante, mas lembrem-se de que isso é apenas um meio e não um fim. A questão é como se utilizar esse idioma. Lutar pelo bem-estar das pessoas e da sociedade é o caminho fundamental do humanismo.


A proficiência em uma língua estrangeira é necessária para que vocês, que seguem uma filosofia global, possam ter papel ativo no palco internacional.


Já visitei mais de cinquenta países e fiz muitos amigos pelo mundo. Contudo, se me perguntarem do que mais me arrependo, sem dúvida é o fato de não poder conversar diretamente com as ilustres personalidades estrangeiras.


Quando era jovem, senti a importância de dominar uma língua estrangeira e me empenhei para estudar inglês. Porém, por ser época de guerra, o inglês era considerado língua do inimigo, e seu uso era proibido no Japão.


O esforço do presidente Ikeda na juventude

Após a guerra, embora sofresse de tuberculose, comecei a trabalhar na empresa do Sr. Toda, cujos negócios foram à falência. Naquela época, devido a doença estava tão magro que minhas costelas apareciam e quando tossia expelia sangue. Para piorar, havia escassez de alimento. Mesmo assim, empenhei toda energia para ajudar meu mestre, reduzindo o tempo para dormir.


Meu mestre me ensinou tudo

Nessas circunstâncias, era impossível cursar uma universidade. Assim, o Sr. Toda decidiu ensinar-me como um professor particular durante dez anos, instruindo-me todas as manhãs sobre vários assuntos. Ele tinha excelente domínio de muitas áreas de aprendizado, incluindo a matemática. Apesar de seus conhecimentos, inglês não era seu forte.


Tive um professor particular de inglês, mas ele só estava interessado no dinheiro, além do mais não era um bom professor. Por fim, fiquei tão ocupado com outras obrigações que acabei optando por confiar esse trabalho a intérpretes.


Todos vocês têm a boa sorte de estarem em condições favoráveis para estudar uma língua estrangeira. Isso depende unicamente de seus esforços.


Muitos acham difícil aprender uma nova língua. Como acabar com esse bloqueio?

Dando um passo de cada vez vocês chegarão lá.

Não é necessário nenhum talento especial para dominar um idioma. Vocês são fluentes em sua própria língua, não são? Em primeiro lugar, devem decidir que vão conseguir, e depois, desafiar a si próprios, dando um passo de cada vez.


Estágios no exterior podem ser significativos por ampliar horizontes. Contudo, é preciso definir claramente o objetivo do estágio para não ser arrastado pelas novas circunstâncias de vida no exterior. Se viajarem somente porque outras pessoas também foram, provavelmente não terão sucesso. Portanto, não devem pensar de forma leviana. Não há nenhuma necessidade de se apressarem em fazer estágio no exterior. Haverá muito tempo para isso no futuro, se desejarem.


Afinal, aprender um novo idioma é mesmo necessário para me tornar um cidadão do mundo?

A arte é uma excelente forma de comunicação.

Não podemos esperar que as pessoas que não falam nossa língua nos compreendam por meio de telepatia. Claro que não. Precisamos falar de maneira clara e correta para sermos entendidos.


No entanto, para aqueles que realmente não gostam de aprender outros idiomas, existem diferentes maneiras de se comunicar com as pessoas de todo o mundo.


A música e outras formas de arte são tipos não verbais de comunicação. Os esportes também. A matemática é uma língua universal. Vocês podem dominar alguma outra arte ou ciência e adquirirem respeito pelo que realizarem nesse campo.


Atuar no palco do mundo

O importante é desenvolver alguma habilidade, algum meio que lhes dê condições de sobreviver no palco do mundo.

Meu sonho é que todos se tornem ativos e bem-sucedidos em cada canto do globo. Mas tudo segue uma ordem apropriada. Um romance deve ser lido página por página, caso contrário, não entenderão o enredo. Da mesma forma, agora é a época para construírem uma sólida base. Espero que todos possam abrir a mente e desafiar a si próprios, para desenvolver habilidades em um idioma estrangeiro.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.151, 13 out. 2012, p. D2
TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;