Cuide das crianças com carinho e atenção
  • FAMÍLIA

Cuide das crianças com carinho e atenção

Texto extraído e adaptado do artigo “Diálogo sobre Mãe e Filhos do Século 21” publicado no jornal Brasil Seikyo, ed. 2.360, 18 fev. 2017, p. A5

 

Descobrir, desenvolver e lapidar os seres humanos é de grande valor e é o foco das atividades promovidas pela Soka Gakkai Internacional (SGI). Sem esses esforços, não há como concretizar o objetivo maior: a paz mundial.

 

Se a humanidade almeja um futuro brilhante, deve, como primeiro passo, cuidar com carinho e atenção das crianças.

 

Pode-se dizer que um dos maiores desafios da sociedade tem sido educar as crianças com sabedoria e benevolência. Cada criança é única em gênero e personalidade. Os pais não devem insistir em discipliná-la ou repreendê-la toda vez que surgir um problema. É importante analisarem se o momento é ou não apropriado para isso. É fundamental também que tudo o que disserem seja de coração. A mãe consciente adverte o filho somente quando necessário, mesmo sabendo que ele poderá ficar magoado com ela. Na realidade, as crianças não ficarão ressentidas com os pais se souberem que eles agiram por amor e por se importarem com elas.

 

Se os pais censuram constantemente os filhos com ira, a reação deles só poderá ser de medo. Assim, as crianças vão se tornar adultos facilmente manipulados ou indivíduos que tendem a fugir de confrontos e críticas. Se os pais continuarem a repreendê-las sem razão, elas não acatarão o que lhes disserem nos momentos cruciais.

 

Repreender uma criança sem se alterar emocionalmente não é fácil. Porém, os pais nunca devem repreender o filho só porque estão de mau humor ou frustrados com algo. É muito importante que estabeleçam uma relação de confiança com as crianças.

 

Dependendo de como os pais falam com os filhos, eles se sentirão encorajados ou desmotivados. Atitudes como ficar exaltado ao chamar a atenção ou ensinar sobre moral em vez de ouvir o que eles têm a dizer só os deixarão deprimidos e tristes. Dedicar um tempo para ouvi-los antes de tecer comentários fará uma grande diferença. Se os pais contra-atacarem toda vez que falarem com os filhos, dificilmente conseguirão estabelecer com eles uma relação aberta e sincera. O modo de interagir com as crianças reflete a determinação mais profunda.

 

A sincera oração pela felicidade das crianças e a preocupação pelo bem-estar é extremamente importante. É essencial também que, ao interagir com elas, respeitem cada uma como indivíduo. Falharão se agirem com indiferença, pensando que as crianças não compreenderão o que estão falando ou que não precisam se preocupar com um problema que, do ponto de vista dos adultos, é simples demais. Cada criança possui dentro de si o potencial de um adulto. Se for tratada com essa consciência, será possível o florescimento de seu caráter. Com base nessas ações, os pais serão capazes de desenvolver a si mesmos também.

TAGS:FAMÍLIA

• comentários •

;