O potencial dos jovens é imensurável
  • JUVENTUDE

O potencial dos jovens é imensurável

Jovens devem extrair o que há de melhor em si e ser inspiração

A juventude em si é um precioso tesouro

Seria valoroso o ser humano apenas por possuir admirável posição ou título social, habilidade ou poder financeiro? Jamais, de forma alguma!


A vida de um jovem que se desenvolve de modo livre e arrojado é muito mais bela e rica que de qualquer magnata ou imperador.


A prática correta da fé é o que faz com que a vida desse jovem brilhe resplandecentemente ao máximo.


É como afirma Nichiren Daishonin: “Manifeste profunda fé polindo seu espelho dia e noite”. Vamos polir a vida por meio da recitação do daimoku para si e para os outros (prática individual e altruística)! Vamos polir nosso caráter tomando a iniciativa para o diálogo.


O budismo é “do presente para o futuro”. Não é necessário olhar para trás. Basta avançar sempre. Porque vocês são “tesouros de infinito potencial”.


Evidenciem nova força

Para que possamos consolidar um dinâmico avanço ainda maior, é preciso encontrar os futuros novos líderes, incentivá-los com sinceridade e consideração, e desenvolvê-los. Solicito que extraiam o que há de melhor dessa nova força e inspiração, das novas ideias e da sabedoria deles e ponham em ação. Um veterano não menospreza os mais novos, valoriza-os ao máximo como bodisatvas da terra de profunda missão superiores a si próprio. Com um coração sábio e magnânimo, construam um jardim da esperança na qual cada “valor humano” — seja ele cerejeira, ameixeira, pessegueiro ou damasqueiro — possa florescer com liberdade e desenvoltura, evidenciando o melhor de suas características e potencial.


Quantos jovens valorosos reuniu e criou em meio à sua atuação conjunta em prol do kosen-rufu na sua época? Jamais se esqueçam da oração clara e do desafio nesse sentido.


Transforme uma onda de alegria em infinitas ondas

Nos escritos de Nichiren Daishonin consta: “Portanto, deveria certamente persistir em pregar o Sutra do Lótus e fazê-las [as pessoas] ouvi-lo”; “De qualquer forma, as sementes do estado de buda não existem em algum outro lugar além do Sutra do Lótus”.


Independentemente se será ouvido ou não, falar sobre o budismo a alguém significa “plantar a semente do buda” no grande solo do coração da pessoa. Por isso, basta manifestar a coragem e falar incansavelmente.


Não existe momento mais feliz,em que se baila de imensa alegria quanto aquele do nascimento de novos companheiros que abraçam a Lei Mística após uma luta de contínuo desafio de recitação de daimoku e incentivos com toda a seriedade. Sem dúvida será a “[única] lembrança de sua existência neste mundo humano”.


A verdadeira imagem do kosen-rufu é aquela na qual a alegria da fé de uma pessoa é transmitida aos outros ao redor, quando uma onda produz novas ondas, centenas delas, infinitas e contínuas ondas.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.275, 16 maio 2015, p. A2
TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;