O tesouro do aprendizado
  • FAMÍLIA

O tesouro do aprendizado

O conhecimento e as habilidades que adquirimos são preciosos

 Texto adaptado do discurso do líder da SGI, Dr. Daisaku Ikeda, proferido na Conferência de Representantes da Soka Gakkai da Malásia (SGI-Malásia), realizada no Centro Cultural da SGI-Malásia, em Kuala Lumpur, Malásia, no dia 1º de dezembro de 2000, e publicado no jornal Brasil Seikyo, ed. 1.586, 1º jan. 2001, p. A3.

Há um episódio malaio que data de dois séculos atrás e gostaria de contar a vocês hoje. Um pai estava ensinando idiomas ao seu filho. Dia após dia, eles estudavam juntos. O menino estava na idade de querer sair para brincar com os amigos e se divertir. Um dia, ele se cansou e gritou: “Estou cheio de estudar!”.

Talvez alguns de vocês já tenham sentido o mesmo. No entanto, sua mãe não perdeu a cabeça nem gritou com ele. Esse é um ponto importante. Disse-lhe de forma delicada e persuasiva por que era importante estudar. “Mesmo que deixemos uma herança para você, se não tiver sorte, ela desaparecerá num instante”, salientou. “Mas o conhecimento e o aprendizado sólidos não são assim. Eles permanecerão com você até a morte.”

Esse episódio aparece em Hikayat Abdullah [A História de Abdullah], um clássico da literatura malaia. Abdullah é o nome do garoto. Ele cumpriu as expectativas de sua mãe e se tornou um famoso professor de idiomas.

As palavras dessa mãe são realmente profundas. São palavras de sabedoria e de filosofia que refletem uma profunda compreensão e discernimento.

Dinheiro e riqueza material são efêmeros quando os ventos instáveis da boa sorte sopram contra nós. Ao contrário, o aprendizado ou as habilidades que adquirimos e que tornamos parte do nosso ser são eternos tesouros. Por essa razão, a educação é muito importante.

TAGS:FAMÍLIA

• comentários •

;