Saúde é manifestar energia vital
  • BEM ESTAR E SAÚDE

Saúde é manifestar energia vital

Como podemos superar a doença por meio da prática da fé? O presidente Ikeda discorre sobre esse assunto no diálogo com membros da Soka Gakkai

 

Texto extraído do romance Nova Revolução Humana, v. 10, p. 116-117, de autoria de Daisaku Ikeda.

Quando entraram na sessão de perguntas e respostas, um associado questionou: “Gostaria de saber como a prática da fé no budismo pode curar uma doença”. Ozaki tinha muito interesse em saber a resposta para essa pergunta.

O responsável pela reunião respondeu prontamente:

“Iniciando pela conclusão, a prática da fé possibilita a manifestação do estado de buda na forma de energia vital. E é com essa energia vital que se pode curar uma doença. Vamos tomar como exemplo duas pessoas com a mesma doença que estão recebendo o mesmo tratamento médico. Uma pode curar a doença mais rapidamente que a outra. Essa diferença provém da energia vital, e sua fonte é a prática da fé”.

A explicação abrangeu também o princípio da “unicidade de corpo e mente” e enfatizou a importância da determinação no âmago da vida.

“O budismo não rejeita a medicina. Se ficarmos doentes, devemos buscar orientações médicas. Budismo é razão. Por isso, precisamos aplicar os recursos da medicina. Contudo, não devemos nos esquecer de que a força básica para vencer uma doença depende da nossa energia vital.”

Ozaki aceitou a resposta por ser clara e racional e decidiu participar de outras reuniões.

Nos vários contatos que teve com diversos membros, cada vez mais ele se impressionou com a dedicação desses praticantes com os demais companheiros. Soube que uma senhora idosa estava com câncer e os membros iam visitá-la quase todos os dias para incentivá-la e orar por sua pronta recuperação.

Numa reunião, Ozaki ouviu o seguinte relato:

“Por meio da prática do budismo, encontrei o verdadeiro caminho para a felicidade. Por isso, estou me esforçando para ensinar o budismo aos meus amigos. Creio que o ato de ensinar a felicidade para uma pessoa está ligado com a paz mundial”.

Ozaki foi mudando gradativamente seu ponto de vista sobre a Soka Gakkai. Ele não encontrou nenhum ritual mistificado que prometia cura milagrosa de doenças. A organização era completamente diferente. Os membros eram pessoas ativas que buscavam não só o próprio bem-estar, como também o de outras pessoas. Eles se esforçavam para se tornar bons cidadãos e pessoas indispensáveis no local de trabalho.

Ele não encontrou também nenhum tipo de idolatria, muito menos um guru que ditava ordens para o grupo religioso. Ficou sabendo que a doutrina se baseava na coletânea dos escritos de Nichiren Daishonin chamada Gosho.

Embora todos falassem a respeito das orientações do jovem líder, Shin’ichi Yamamoto, Ozaki sentiu que essa relação era inspirada em seu nobre caráter. E todos diziam que o presidente Yamamoto era uma pessoa fortemente voltada para o diálogo.

 

TAGS:BEM ESTAR E SAÚDE

• comentários •

;