Saúde em primeiro lugar
  • JUVENTUDE

Saúde em primeiro lugar

A proposta é se mexer e cultivar a ‘joia rara’ que é a vida

Você já deve ter ouvido o bordão “Vai que é sua, Taffarel”, dito pelo narrador esportivo Galvão Bueno, principalmente nos jogos da Copa do Mundo de 1994, ou a música oficial da Copa do Mundo de 2010, Waka Waka, com a cantora colombiana Shakira. Milhares de pessoas param para assistir aos jogos [e nem precisamos ser entendedores de futebol para apreciá-los].


Entretanto, nem o clima de Copa do Mundo faz com que mais pessoas procurem se exercitar. Segundo a pesquisa Práticas de Esporte e Atividade Física, realizada pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) 2015, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), menos de 40% dos brasileiros costumam praticar algum tipo de esporte ou atividade física.


Dados apontam que 61,3 milhões de pessoas com 15 anos ou mais praticam algum esporte, o que representa 37,9% da população.


Expulse o sedentarismo

Com o objetivo de alertar as pessoas sobre o sedentarismo, foi comemorado o Dia Mundial de Combate ao Sedentarismo, em 10 de março. Criada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a data tem como base divulgar ações e práticas saudáveis para valorizar a vida.


O sedentarismo é caracterizado pela falta, ausência ou diminuição de atividades físicas. A prática de atividade física esportiva como caminhar, correr, pedalar, nadar, praticar ginástica, exercícios resistidos (peso) e até jogar bola são opções válidas para se combater o sedentarismo e melhorar a qualidade de vida. Uma pessoa sedentária pode manifestar doenças crônicas como infarto, hipertensão e diabetes.


Força revitalizadora

“A senhora se tornará mais jovem e sua boa sorte se acumulará”. Nichiren Daishonin enviou o trecho mencionado a Nichigen-nyo, esposa de Shijo Kingo. Em outra carta, endereçada à esposa de Toki Jonin, a monja leiga Toki, Daishonin disse: “Uma única vida vale mais que esse grande sistema de mundos. A senhora ainda tem muitos anos para viver e, além disso, teve a oportunidade de encontrar o Sutra do Lótus. Se viver um dia a mais, poderá́ acumular muitos benefícios mais. Sua vida é realmente preciosa!”.


Sobre o aspecto de prezar a saúde, o presidente Ikeda comenta: “A Lei Mística nos capacita rejuvenescer e nos tornar mais felizes tanto em corpo como em espírito, a cada ano que passa. A base da saúde é a forte fé que nos capacita extrair uma forte energia vital, triunfar sobre as forças negativas e prejudiciais e, transformar o carma”.


Das “Cinco diretrizes eternas da Soka Gakkai”, temos a “Prática da fé para manter a boa saúde e obter longevidade”. A origem das cinco diretrizes se deu em 1957, quando Josei Toda, segundo presidente da organização, estabeleceu as três primeiras diretrizes para que os membros da Soka Gakkai, após a sua morte, não perdessem o foco da correta prática do Budismo Nichiren. Por isso, foram adotadas como “diretrizes eternas” por toda a organização. Já em dezembro de 2003, o presidente Ikeda anunciou mais duas novas diretrizes.


Ele declara: “A vida é o mais precioso de todos os tesouros. Espero que todos vocês desfrutem boa saúde e longevidade, vivendo cada dia com toda a plenitude e criando infinito e imensurável valor. O século 21 é o século da vida — o que significa que também é o século da saúde e da longevidade.”


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.424, 23 jun. 2018, p. E3
TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;