Tudo começa agora
  • JUVENTUDE

Tudo começa agora

A vitória se encontra na atitude positiva direcionada para o futuro

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche (1844–1900) escreveu: “Que sua honra repouse não em sua origem, mas no destino a que está se dirigindo! Que sua glória repouse na vontade e no desejo que o movem além de si mesmo!”. A mensagem transmitida por ele é que tudo começa a partir de agora! Sempre olhem para o futuro! O budismo também ensina o espírito de se concentrar no presente e no futuro.

Uma vida repleta de significado — e especialmente uma juventude plena de significado — não é construída prendendo-se ao passado, mas concentrando o foco na maneira como viverão daqui em diante. Deve-se ter essa atitude positiva direcionada para o futuro, nisso se encontram a grandiosidade e a vitória. Aplicar-se continuamente à tarefa de ir além de onde se encontra hoje — esse espírito de auto aprimoramento é a essência da juventude.

O presidente Josei Toda encorajava os jovens a “se empenhar constantemente para serem mais dignos e cultos a fim de estabelecer uma personalidade ampla e cada vez melhor”. “Desenvolvam-se!” Essa era a mensagem dele aos jovens. Ele também os incentivava frequentemente a ler livros e a refletir profundamente sobre os fatos.

Vocês são os futuros líderes da sociedade e do kosen-rufu, por isso precisam ter maior profundidade de raciocínio e se empenhar com mais vigor do que os outros à sua volta. Peço-lhes que tomem a iniciativa de trabalhar e estudar com afinco. Se adotarem essa atitude, terão brilho em seus olhos e se sentirão realizados. Por outro lado, se tentarem evitar o trabalho árduo, perderão a vitalidade e o frescor da juventude.

Continuo a desafiar a mim mesmo, agindo e me empenhando no diálogo com o espírito de me esforçar a cada dia o equivalente a uma semana ou a um mês. Faço isso por vocês, meus companheiros, e pelo kosen-rufu. Nunca me esqueço deste propósito norteador. Viver sem o labor para se desenvolver leva à estagnação e, por fim, à própria derrota.

Há aqueles que deixam de se aplicar no próprio crescimento, valendo-se apenas da perspicácia e da astúcia para sobreviver. Porém, o capítulo final da vida dessas pessoas geralmente é vazio e triste. Elas acabam se arrependendo das escolhas que fizeram. Se pudessem, voltariam para a época da juventude e fariam tudo de maneira diferente.

Há um tempo para tudo. Se tivessem total conforto material e liberdade para fazer que lhes aprouvesse desde a juventude, isso seria uma desventura. É importante que cultivem sua força interior e se desenvolvam durante esse período. Consolidando essa base, será muito natural que, quando atingirem certa idade, sua vida prospere e desfrute tanto recompensas espirituais como materiais. Este é o correto caminho na vida.


Fonte:

Brasil Seikyo, ed. 2323, 14 mai. 2016, p. B1
TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;