Vencer no local de trabalho
  • JUVENTUDE

Vencer no local de trabalho

Frases extraídas e adaptadas da revista Terceira Civilização, ed. 450, fev. 2006, p. 52 em que o presidente Ikeda comenta sobre trabalho.

O local de trabalho é onde, muitas vezes, as pessoas passam a maior parte do tempo. Portanto, é onde as relações humanas são formadas e fortalecidas. É também o palco de realizações pessoais e o meio de contribuir para a sociedade. Por tudo isso, vencer no trabalho é fundamental para uma vida de dinâmico avanço.

Tudo o que é ganhado com trabalho honesto é precioso, independentemente da quantia. Naturalmente, nada melhor que receber um bom salário, mas uma quantia ganhada por meio do próprio trabalho e esforço árduos é um tesouro precioso, ao passo que roubar a mesma quantia ou ganhá-la por meios ilícitos não tem mais valor do que esterco ou entulho. Roubar ou extorquir dinheiro é algo sujo. Não traz felicidade — como diz o ditado “Dinheiro mal ganho, dinheiro mal gasto”. (...)1
Dependendo do estado de vida da pessoa, o dinheiro pode ser usado tanto para fins mal-intencionados quanto para fins nobres. O coração da pessoa pode mudar tudo.2

Quando vocês se aprofundarem nisso, uma maior alegria será encontrada aplicando-se com confiança e sabedoria no local de trabalho como um membro exemplar da sociedade e trabalhando arduamente em prol de uma vida realizada e do bem-estar da família. Uma pessoa que age assim é vitoriosa na vida.3

 

Torne-se indispensável

Poucas pessoas conseguem encontrar um trabalho que seja perfeito logo de início. Por exemplo, pode-se ter um trabalho que goste, mas que não seja bem remunerado ou, então, o trabalho paga bem, mas a pessoa o odeia. É assim que acontece às vezes. Podem descobrir também que não estão talhadas para a carreira com a qual sonharam ou aspiraram.4
O presidente Toda disse que o mais importante é tornar-se uma pessoa indispensável onde quer que esteja. Em vez de lamentarem o fato de o trabalho não ser aquilo que gostariam de fazer, disse ele, tornem-se pessoas de primeira categoria neste trabalho. Isso desbravará o caminho que conduz à próxima fase na vida, durante a qual vocês também deverão continuar a fazer o máximo. Esses esforços certamente levarão a um trabalho que gostem, que sustente suas vidas e que lhes permita contribuir para a sociedade.5

 

Não desista facilmente

Uma vez que decidiram sobre um trabalho, espero que não sejam o tipo de pessoa que desiste facilmente e que sempre está insegura e reclamando. Mas, se depois de terem feito o máximo, chegarem à conclusão de que o emprego em que estão não é o melhor para vocês e decidirem mudar, não há problema. Minha preocupação é que essa decisão não resulte de vocês terem se abalado porque se esqueceram de que são responsáveis pelo próprio ambiente.6

 

Torne o trabalho um prazer

Gostaria de partilhar com vocês as palavras do novelista russo Máximo Gorky (1868-1936) em sua peça As Profundezas Inferiores, em que um dos personagens diz: “Quando o trabalho é um prazer, a vida é uma alegria! Quando o trabalho é um dever, a vida é uma escravidão!” A atitude de uma pessoa para com seu trabalho, que toma a maior parte do dia, determina decisivamente a qualidade de sua vida.7

 

Demonstre comprovações

“Eu vou realizar o kosen-rufu do Brasil. Para isso, vou mostrar uma prova irrefutável em meu local de trabalho evidenciando as minhas melhores habilidades”. É assim que nossas orações devem ser. (...) O trabalho é o esteio de nossas vidas. Se não vencermos em nosso trabalho, não conseguiremos comprovar o princípio de que o “budismo é a própria vida diária”. Por favor, livrem-se da postura acomodada e empenhem-se no trabalho com renovada decisão.8

 

Notas:

1. Diálogo sobre a Juventude — Para os Protagonistas do Século XXI, vol. I, págs. 104-105.

2. Ibidem.

3. Ibidem.

4. Ibidem, p. 100.

5. Ibidem, p. 100.

6. Ibidem, p. 101.

7. Ibidem, p. 103.

8. Nova Revolução Humana, vol. I, p. 238.

 

TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;