A intenção correta
  • CONHEÇA O BUDISMO

A intenção correta

Acredite! Ter vida nova exige a construção de nova estratégia e o momento para isso é agora

1 - O poder da mente

O Dr. Ikeda abre a matéria com afirmação genial: “Nada é mais maravilhoso que a mente humana. Ela é fonte de infinita esperança. É um reservatório de ilimitados benefícios e boa sorte. Pode manifestar energia e força infinitas”.


A mente é incrível e devemos acreditar na plasticidade dela — a tristeza pode num estalar de dedos dar lugar ao êxtase, o desânimo existe e sabemos como ele é ruim, mas um sorriso amigo é capaz de imediatamente torná-lo esperança. Ao se tratar da mente, é fundamental depositar fé que tudo pode mudar a qualquer momento.


“Transformação do destino de um indivíduo, concretização da felicidade para toda a humanidade e criação de uma sociedade pacífica — tudo se inicia com uma mudança em nosso coração”, continua o Mestre.


2 - Como você percebe as coisas faz toda a diferença

Mudar a forma de perceber as coisas é a estratégia para a vitória: “A determinação resoluta, isto é, a intenção contida no coração, estabelece tudo”, enfatiza Ikeda sensei. A prática budista na SGI ajusta nosso coração e enriquece nossa mente com propósitos e intenções que garantem a felicidade frequente.


Ao se adotar o juramento do mestre como o próprio juramento, como a base do querer, manifesta-se imediatamente a felicidade absoluta e sua consequente lista de benefícios.


É vantajoso que troquemos intenções e ambições às vezes egoístas pela intenção igual à do Mestre: ser feliz junto com as pessoas. Praticar o budismo é resolver cada assunto pessoal com a mesma intenção do Buda. Isso acontece quando nossa mente adota o Gohonzon como foco da tomada de decisões. Uma vez que o Gohonzon é o juramento do Buda de elevar o estado de vida de todas as pessoas, ao fazermos vibrante gongyo matinal e recitarmos Nam-myoho-renge-kyo inspirados no juramento seigan visando o shakubuku, impulsionamos nosso dia com força máxima.


3 - Qual sua real intenção?

Analise seu íntimo e responda com clareza: com qual intenção você está fazendo a tarefa atual?


Utilizar a “estratégia do Sutra do Lótus” é executar a tarefa atual como um buda a executaria, ou seja, realizar a empreitada diante de você focando a mente no grande desejo de conduzir as pessoas ao bem-estar e realização.


O que o buda mais almeja no Sutra do Lótus? Garantir a felicidade absoluta de todos, sem deixar ninguém para trás. Cada ação de um buda é um ato de incentivo.


Ikeda sensei sempre vence porque a todo momento está motivado pela ideia mais correta: “Todas as minhas ações são motivadas pela determinação de saldar minha dívida de gratidão com Toda sensei. Ciente de que a vitória do discípulo é a vitória do mestre, devo dedicar minha vida a tornar a existência e as conquistas do meu grandioso mestre conhecidas em todo o mundo”.


4 - Não dependa do externo

Sua mente pode pregar uma peça em você. Se sua estrutura de pensamento e crenças tenta induzi-lo a pensar que as coisas nunca mudam ou que a felicidade absoluta é uma verdade para quem tem mais sorte, acredite, está sendo enganado pela própria inteligência.


Qualquer crença egoísta e autodepreciativa deve ser descartada; preocupações e medos também. Preconceitos e lógicas derrotistas cármicas mais ainda. Diante de qualquer dilema, aja com gratidão, sinceridade, coragem, lealdade, esperança, generosidade, paciência com as pessoas e consigo. Jamais há impasse em quem vive assim.


Mesmo diante de turbulências é possível manter intacta a intenção de ser feliz junto com as pessoas? Sim! E o presidente Ikeda reitera: “Ser feliz ou infeliz não é decidido por outras pessoas nem pelo ambiente, mas sim pela própria determinação e intenção contida no coração”.


5 - A gente não se aguenta!

Um membro da SGI não consegue ficar quieto diante do sofrimento alheio.


Nossa estrutura de crenças nos impele a agir rápido quando alguém está sofrendo. Felicidade para nós é proporcionar felicidade aos demais.


Todo membro da SGI é um buda porque em sua mente ele nutre essa forma notável de viver descrita pelo presidente Ikeda. É uma estrutura de pensamento focadíssima: “Se é pelo kosen-rufu, estou sempre pronto a agir com a rapidez de um raio”.


E, se por acaso as coisas não estiverem suaves nem agradáveis, apenas persista, tenha paciência consigo e coragem de manter continuamente o foco da sua mente no Gohonzon e no Mestre. O êxito é uma certeza!


Fonte: Brasil Seikyo, ed. 2.395, 11 nov. 2017, p. C1
TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;