O lótus simboliza a mente humana
  • CONHEÇA O BUDISMO

O lótus simboliza a mente humana

Discurso proferido pelo Dr. Lokesh Chandra, diretor da Academia Internacional de Cultura da Índia, por ocasião da exposição Sutra de Lótus – Mensagem de Paz e Coexistência Harmoniosa, inaugurada na cidade de Nova Délhi em 16 de abril de 2008.


Quando se fala sobre o Sutra do Lótus, o mais importante nos dias atuais é o daimoku do Nam-myoho-renge-kyo, revelado por Nichiren Daishonin e recitado pelos associados da Soka Gakkai Internacional (SGI).

Em certa ocasião, Indira Gandhi (filha do primeiro-ministro Nehru) consultou-me a respeito do Nam-myoho-renge-kyo. Ela me contou que perguntava sobre o significado do daimoku a todos os japoneses que iam ao seu encontro, porém eles apenas davam explicações longas e confusas. Eu lhe expliquei cada ideograma do Nam-myoho-renge-kyo, enfatizando que todos representam a natureza espiritual, porém o que possui importância maior é o que não pode ser expresso em palavras: os sete ideogramas juntos.

Então por que somente recitamos o daimoku do Nam-myoho-renge-kyo, e não o sutra inteiro ou parte dele? A resposta é encontrada na flor de lótus. Kumarajiva explicou o significado de cada flor de lótus por meio de suas respectivas cores: utpala (lótus azul) representa a meditação; padma (lótus vermelho), a energia da ação; pundarika (lótus branco), o valor da pureza imaculada; e kumuda (lótus amarelo), que desabrocha quando a lua surge e indica a serenidade. Esses quatro significados descrevem o domínio (campo) da mente humana e seu trabalho. Isto é, esses lótus não são meras flores que se desenvolvem num lago. Elas simbolizam a mente humana e desabrocham no coração.

Assim como existe uma importância simbólica nas flores de lótus, o daimoku do Nam-myoho-renge-kyo simboliza um poderoso valor. Esse daimoku não tem seu valor somente em cada ideograma que o forma, possui o verdadeiro valor da vida que transforma todas as circunstâncias negativas em aspectos positivos. Esses valores não são abstratos, eles se transformam em ações concretas.


Fonte: Terceira Civilização, ed. 569, 21 jan. 2016, p. 36














TAGS:CONHEÇA O BUDISMO,SUTRA DO LÓTUS

• comentários •

;