Pratico sem o Gohonzon porque alguém se opõe à minha prática. O que fazer?
  • CONHEÇA O BUDISMO

Pratico sem o Gohonzon porque alguém se opõe à minha prática. O que fazer?

Presidente Ikeda participa de reunião de palestra e responde as perguntas dos participantes

O volume 13 da Nova Revolução Humana relata que numa noite de 12 de outubro, o presidente Ikeda [Shin' ichi Yamamoto no romance] participou de uma reunião de palestra na cidade de Fujinomiya promovida pela Comunidade Itiba.

Imediatamente outra senhora perguntou: “Estou praticando sem o Gohonzon e o meu problema é minha mãe que se opõe à minha prática. O que fazer?”.


— Sei que é difícil continuar praticando nessas condições mas. Por favor, dê o melhor de si. A senhora acha que sua mãe teria se oposto se tivesse aderido a outro grupo religioso que não fosse a Soka Gakkai?

— Acho que ela não se oporia.

Shin'ichi continuou:

— Isso provavelmente é verdade. Em geral, quanto mais velha a pessoa fica, mais dificuldade ela tem de aceitar coisas novas, por mais corretas que sejam e até tende a resistir ou mesmo se opor a elas.


— Portanto, não é de surpreender que sua idosa mãe tenha algumas reservas a respeito da sua prática. Afinal, o Budismo Nichiren é uma filosofia na vanguarda dos tempos que abre o caminho para o futuro. A senhora disse que sua mãe se opõe à sua prática, porém isso acontece porque ela não conhece o budismo e a Soka Gakkai. Ela a ama e por essa razão se preocupa com a senhora. Se mostrar uma prova real da fé tornando-se feliz sendo uma filha da qual ela se orgulhe, com certeza ela entenderá sua decisão. Não existe uma única mãe que não deseje a felicidade dos filhos.


— Minha mãe também não praticava o budismo no início, contudo decidi que a conduziria à felicidade. Agora ela vive uma vida plena e feliz como membro da Soka Gakkai. Espero que continue a perseverar na fé, jamais sendo derrotada, e que a senhora consiga fazer shakubuku em sua mãe para que ela se torne absolutamente feliz. Por favor, a senhora deve considerar isso como sua missão de filha e missão de vida.

O incentivo de Shin' ichi, com base em sua própria experiência, foi poderoso e convincente. Imediatamente, várias outras pessoas levantaram a mão. Esse é o clima ideal de uma reunião de palestra aconchegante e esclarecedora.



Fonte: Brasil Seikyo, ed. 2.217, 01 mar. 2014, p. A4

TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;