Vamos numa reunião de palestra?
  • CONHEÇA O BUDISMO

Vamos numa reunião de palestra?

10 pontos para você entender porque as reuniões de palestra existem

Tsunesaburo Makiguchi, presidente fundador da Soka Gakkai, demonstrou ter uma visão de futuro realmente notável ao instituir a prática da realização das reuniões de palestra. No Japão conturbado pelo pós-guerra, esses tradicionais encontros promovidos pela Soka Gakkai soavam como verdadeiras manifestações em meio ao povo, se tornando uma porta para a infinitas conexões de vida. Eles são uma preciosa chave para cultivar a amizade, o encorajamento e a compreensão, e além disso, são modelos genuínos de diálogo democrático.


“A reunião de palestra é o fórum mais democrático de diálogo livre e aberto onde as pessoas entram em contato com a fé correta. É um poderoso trampolim para o estabelecimento de uma vida de esperança e convicção”, diz o presidente Ikeda.


Daishonin dá a seguinte instrução em um de seus escritos: “As pessoas decididas a buscar o caminho devem se reunir e ouvir o conteúdo desta carta”. Então, praticar o budismo significa se reunir, estudar juntos e incentivar uns aos outros, se ajudando mutuamente a obter uma compreensão mais profunda da fé.


As reuniões de palestra são encontros de budas, em total acordo com o Sutra de Lótus. O 18º capítulo do Sutra do Lótus, “Os Benefícios da Alegre Aceitação”, descreve os ilimitados benefícios que recebemos por convidar alguém para participar de uma assembleia budista, levando a pessoa até lá ou recepcionando calorosamente os visitantes e oferecendo-lhes assento.


O presidente Ikeda cita: "Não é suficiente apenas lermos os escritos de Daishonin ou as orientações de nosso mestre em tranquilo isolamento. Devemos estar dispostos a nos reunir num local com nossos companheiros também praticantes. A sincera determinação de se esforçar nesse sentido tem o poder de vencer a negatividade e as funções malignas".


E ele continua: "É nas reuniões de palestra que o caloroso apoio e o incentivo dos companheiros nos inspiram a solucionar e a vencer os problemas e os desafios pes¬soais. As reuniões de palestra estabelecem um oásis de alegria e segurança em nossas comunidades, tornando-se possível criarmos imensurável valor num ritmo incessante, dia após dia, mês após mês".


"Mesmo sem termos vontade alguma para participar de uma reunião, depois de chegarmos lá, invariavelmente, sentimo-nos estimulados e revigorados. As reuniões possuem o magnífico poder de nos conduzir à vitória e à felicidade", assegura o presidente Ikeda.


Josei Toda, segundo presidente da Soka Gakkai, disse: “O Sutra de Lótus nos impele a tratar os praticantes com o mesmo respeito que demonstraria aos budas. (Cf. LS cap. 28, p. 365.) Nosso foco é a felicidade de cada pessoa e o esforço junto com os membros. Jamais devemos nos esquecer desse ponto de partida. Temos de tornar nossas reuniões as mais agradáveis, significativas e harmoniosas no mundo, reuniões que sejam abertas e simples”.


O presidente Ikeda complementa: "Esses relatos são transbordantes da vigorosa energia vital dos membros e do dinâmico poder da fé que lhes permitiram derrotar as funções malignas e triunfar sobre os obstáculos. Tais experiências servem de perene fonte de inspiração, levando genuína coragem e esperança aos outros".


As reuniões de palestra devem ser um tipo de oásis espiritual, deixando todos os participantes com o sentimento de alegria por terem comparecido, revigorados e renovados. No do Sutra do Lótus consta: “Se encontrar uma pessoa que aceita e abraça este sutra, deve se levantar e cumprimentá-la de longe, demonstrando-lhe o mesmo respeito que teria para com um buda”.


O segundo presidente da Soka Gakkai, Josei Toda, escreveu certa vez em sua coluna intitulada “Epigramas”, publicada no Seikyo Shimbun. “Chegou a época em que nossas pequenas reuniões de palestra são extremamente importantes. Peço aos líderes para que não poupem esforços para participar e apoiá-las.”



Fonte: Terceira Civilização, ed. 506, 01 out. 2010, Artigos; BS, ed. 1.857, 26 ago. 2006, Ensaio

TAGS:CONHEÇA O BUDISMO

• comentários •

;