Ensinar o budismo para as pessoas ao seu redor é semear a felicidade
  • ARTIGOS

Ensinar o budismo para as pessoas ao seu redor é semear a felicidade

A prática budista é para si e para os outros porque respeita a vida

Ensinar o Nam-myoho-renge-kyo aos outros é uma tarefa desafiadora, mas gratificante. É importante orar sinceramente ao Gohonzon pela felicidade das pessoas com as quais procuram compartilhar o budismo. E assim poderão sair e falar com confiança e sinceridade sobre as próprias experiências na fé e sobre o real valor da Soka Gakkai.

Não se preocupem em produzir resultados imediatos. Quanto mais dialogarem corajosamente, mais pessoas estarão habilitadas a formar laços com o budismo. Espero que continuem se desafiando e perseverando, à sua maneira, com o espírito de um leão.

O Budismo de Nichiren Daishonin é o Budismo da Semeadura. Estabelecer mesmo a menor ligação com Nam-myoho-renge-kyo garante que a semente do estado de buda perdure e em algum momento brote. É por isso que aqueles que praticam e propagam a Lei Mística, ajudando as pessoas a formar preciosos laços com o budismo, desfrutarão de imensurável boa sorte e benefício.

Permitir que alguém entre em contato mesmo que seja com uma única frase do Sutra do Lótus, com a Lei Mística, é plantar na vida dessa pessoa a semente do estado de buda, a qual frutificará eternamente. Compartilharem mesmo que seja um pouco sobre a filosofia do budismo, criarem laços de amizade e semearem o estado de buda na vida dos outros, permitindo-lhes ouvir sobre os ensinamentos, ainda que não iniciem a prática imediatamente, são esforços que propagam a Lei.

É absolutamente certo que, quando falam do budismo para as pessoas, receberão o mesmo ilimitado benefício, não importando se elas decidam ou não abraçar a fé.

Certa vez encorajei nossos membros dizendo: “Se cada um de nós conseguir cultivar dez amizades genuínas, então o kosen-rufu certamente avançará!”. Assim, meus amigos, vamos fazer o nosso movimento pelo kosen-rufu avançar ainda mais dinamicamente! Não fiquemos calados, vamos nos esforçar para dialogar com as pessoas sobre a filosofia do Budismo de Nichiren Daishonin, fazer de cada dia uma aventura repleta de amizade e diálogo. Vamos trabalhar juntos para construir o castelo da expansão da felicidade em nosso local da missão.


Fonte: 
Brasil Seikyo, ed. 2.336, 20 ago. 2016, p. A3
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;