Jovem é quem rompe limites e quebra barreiras
  • ARTIGOS

Jovem é quem rompe limites e quebra barreiras

Com coragem lancem-se destemidamente aos desafios

No dia 20 de março deste ano, passei de carro pelo saudoso bairro de Bunkyo, que frequentei muito desde a juventude, e visitei o Centro Cultural da Soka Gakkai de Bunkyo. Com grande alegria soube que, naquele dia, estava sendo realizado também nessa localidade o Concerto da Esperança promovido pelos promissores integrantes da Divisão dos Estudantes. O futuro é definido pelos jovens.

O segundo presidente da Soka Gakkai, Josei Toda, bradou: “Devemos trazer tudo de volta para as mãos dos seres humanos: a ciência, a cultura, a educação, a política, a economia, e torná-las provimentos de felicidade e paz da humanidade. Eis aqui a missão a ser concretizada pela Soka Gakkai. Eis aqui a ação social do budismo”.

É exatamente com esse espírito que os membros da Divisão dos Jovens estão estendendo amplamente os elos de amizade para todo o Japão, para a Ásia e para as demais partes do mundo. Isso é algo realmente esperançoso.

O que constrói a nova era serão sempre a força e a paixão dos jovens.


Na juventude, fracassos são preciosos e esforços são tesouros. Mesmo que não sejam bem-sucedidos, não fiquem desanimados. Basta que renovem a decisão e desafiem novamente. Com coragem e com o espírito de “ou vai ou racha” lancem-se destemidamente aos desafios.

Qualquer que seja o empreendimento, se se dedicar com toda a seriedade e acumular experiência, mesmo que seja um simples “amador” no início, com o tempo se tornará um “expert” no assunto. Assim experimentará uma grande satisfação e a alegria emergirá de dentro do seu ser. A capacidade de romper barreiras e limites — esse é um privilégio dos jovens.

Esta é a fé que transforma o veneno em remédio. É possível criar valor mesmo em meio às adversidades. A grandiosa batalha pelo kosen-rufu sem medir esforços faz surgir grandiosos benefícios e evidencia uma condição de vida magnânima.

Nos escritos consta: “Os benefícios que são obtidos por recitar os cinco ideogramas do Myoho-renge-kyo são vastos e extraordinários” (WND, v. II, p. 228). Os benefícios que se obtém mesmo por meio da recitação do daimoku uma única vez já são infinitos e imensuráveis.

A base para conquistar a vitória em tudo existe somente no Nam-myoho-renge-kyo. Devem recitar daimoku e continuar lutando com alegria.

Todos os membros da Divisão dos Jovens são, sem nenhuma exceção, bodisatvas da terra. Munido dessa firme convicção, vim abrindo com a legião de jovens os caminhos da paz mundial onde eles inexistiam.

Mesmo que distante, se houver um amigo decidido sinceramente a lutar, então irei ao seu encontro! Não é “algum dia”. Se perder o “agora”, quando, afinal, pretende ir?! — foi com esse pensamento em mente que eu me dediquei de corpo e alma.

Onde quer que seja, os integrantes das Divisões Sênior e Feminina apoiam e incentivam os jovens como seus próprios filhos ou como irmãos e irmãs mais novos.

Ir ao encontro; orar juntos; movimentarem-se juntos; conversarem entre si — é em meio a isso que se criam pessoas e surgem bailando os novos “valores humanos”.

Chegou a primavera da expansão do diálogo! Munidos de espírito jovem, e juntos com os jovens, vamos alçar um vigoroso voo para abrir o caminho do esplendor das cerejeiras Soka de grande vitória que ficará registrado para sempre na história!

Fonte:

Brasil Seikyo, ed. 2318, 09 abr. 2016, p. A2
TAGS:ARTIGOS

• comentários •

;