Coragem para dar um passo adiante
  • JUVENTUDE

Coragem para dar um passo adiante

Daisaku Ikeda incentiva os jovens a desenvolverem a coragem para conquistar sonhos e vitórias

Trecho extraído e adaptado do livro Juventude: Sonhos e Esperanças, volume 2, p. 70-86.1

Enquanto vivermos, teremos de enfrentar todos os tipos de problemas. Assim sendo, não importa o que aconteça, temos de viver com coragem e continuar a nos empenhar com os olhos voltados para o futuro. Ninguém pode escapar da realidade da vida. É preciso saber lidar com a vida e suas dificuldades. Os jovens possuem suas preocupações e os adultos, as deles. Nossa existência neste mundo é como um mar tempestuoso. Devemos nos lançar a ele, mesmo sendo açoitados por todos os tipos de experiências. Não há outra maneira, pois isso faz parte do nosso inevitável destino como seres humanos.

Cada um de vocês possui seus próprios sonhos, suas esperanças, seu próprio estilo de vida, seus ideais, suas alegrias e seus sofrimentos. No entanto, independentemente do que acontecer, devemos seguir adiante e concretizar os sonhos e os ideais que almejamos.

(...)

Mas, por mais maravilhosos que sejam os sonhos, por mais nobres que sejam os ideais ou por mais elevadas que sejam as esperanças, se carecerem de coragem não terão como concretizar tudo isso. Podem até ter as ideias mais estupendas e os projetos mais incríveis do mundo ou estar cheios de compaixão pelos outros, mas tudo isso se reduzirá a nada a menos que tenham coragem para agir. Sem a ação é como se esses planos jamais tivessem existido.

(...)

As pessoas corajosas possuem uma força que as impulsiona adiante e também serenidade para enfrentar os reveses da vida enquanto avançam firmemente rumo à concretização dos objetivos. A coragem é um trunfo poderoso. As pessoas que carecem de coragem perdem de vista o rumo correto da vida e sucumbem à apatia, ao negativismo e às atitudes destrutivas. Procuram fugir das dificuldades e viver da forma mais cômoda possível. Pessoas sem coragem não conseguem se dedicar à felicidade de outras, tampouco se aprimorar ou realizar algo importante e duradouro. Poderíamos dizer que seu motor apresenta uma séria avaria.

(...)

O poeta alemão Goethe declarou que perder a reputação e os bens materiais é insignificante porque sempre há como recuperá-los ao passo que perder a coragem corresponde a perder tudo. Em um poema intitulado Xênias Pacatas, Goethe escreveu:

Bens perdidos – perdas pequenas!
É só pensar um pouco e adquirir outros novos.
Mas a honra perdida é outra coisa.
Essa, na verdade, é perda valiosa.
Se adquirir boa reputação,
As pessoas mudarão de opinião.
Coragem perdida – perda total!
Seria preferível jamais ter nascido!

Se reunirem coragem para desafiar algo, jamais terão arrependimentos. É triste passar a vida dizendo: “Se eu tivesse um pouco mais de coragem...”. O importante é dar passos firmes pelo caminho que acreditam ser correto. Não há necessidade de se preocuparem com o que os outros pensam. Por favor, sejam autênticos. Afinal, a vida é sua.

(...)

Os que abraçam a fé correta e agem de acordo com suas mais profundas convicções são monarcas da coragem. São os maiores heróis que existem, cujo coração bate ao compasso do ritmo fundamental do Universo. O Sol resplandece aonde quer que essa pessoa esteja iluminando a própria vida, a família, os companheiros de classe, a comunidade, o país e o mundo inteiro.

Seja qual for o desafio que tenham de enfrentar, permitam-me dizer-lhes que tenham a coragem para dar sempre um passo avante!

Nota:

1. IKEDA, Daisaku. Juventude: Sonhos e Esperanças. Tradução: Izabela Konomi

Nakamura. 2. ed. São Paulo: Editora Brasil Seikyo, v. 2, p. 70-86, 2020.

TAGS:JUVENTUDE

• comentários •

;